background img

Centro para Controle de Doenças (CDC) dos EUA detém patente de uma estirpe particular do Ebola

Conhecido como " EboBun ". A patente  é CA2741523A1 e foi concedido em 2010 .


O governo dos Estados Unidos da América, representado pelo Secretário, o departamento de saúde & serviços humanos. Depositado nos centros para controle de doenças e prevenção ("CDC"; Atlanta, Georgia, Estados Unidos da América) em 26 de novembro de 2007  atribuiu um número de adesão 200706291. " 

Aos requerentes da patentes são claramente descritas incluindo uma nova especie do vírus ebola:

“a invenção atual é baseado no isolamento e na identificação de uma espécie nova do vírus de Ebola, o EboBun. Ele foi isolado dos pacientes que sofrem da febre hemorrágica em uma manifestação recente em Uganda.”

" É interessante notar, a propósito, que o EboBun não é a mesma variação que acredita-se atualmente estar circulando na África Ocidental. Claramente, o CDC precisa expandir seu portfólio de patentes para incluir mais estirpes, e que pode muito bem ser  por isso que os americanos vítimas do Ebola foram trazidas para os Estados Unidos.

Leia mais abaixo e decida por si mesmo ...

Colhendo Ebola das vítimas para arquivar patentes

A partir da descrição de patente sobre o vírus EboBun, sabemos que o governo dos EUA:

1) Extraiu o vírus de pacientes.

2) afirmou ter "inventado" esse vírus.

3) Arquivou a patente do vírus para o monopólio e proteção.

Para entender por que isso está acontecendo, você tem que primeiro entender o que é uma patente realmente e por que ela existe. Uma patente é um monopólio imposto pelo governo que é concedido exclusivamente a pessoas ou organizações. Ela permite que a pessoa ou organização lucre exclusivamente da "invenção" ou nege aos outros a capacidade de explorar a invenção em seu próprio benefício.

Trazendo à tona a pergunta óbvia aqui:

Por que a alegação do governo dos EUA de ter "inventado" a Ebola (EboBun) e depois reivindicar um monopólio exclusivo sobre a sua propriedade?

Governo dos EUA reivindica a propriedade exclusiva sobre sua "invenção" Ebola

O " Sumário da invenção " do documento de patente também afirma claramente que o governo dos EUA está reivindicando "propriedade" sobre todos os vírus Ebola que compartilham tão pouco quanto 70 % de similaridade do Ebola que "inventou" :

Invenção que relaciona-se com o vírus isolado EboBun que morfologicamente e filo-geneticamente relaciona-se com os membros conhecidos Filoviridae ... Num outro aspecto, o invento proporciona um isolado de vírus EboBun compreendendo uma molécula de ácido nucleico compreendendo uma sequência de nucleótidos selecionados a partir do grupo que consiste em:

a) uma sequência de nucleótidos descrita em SEQ ID NO: 1;

b) uma sequência de nucleótidos que hibrida com a sequência estabelecida na SEQ ID NO: 1 sob condições rigorosas;

c) uma sequência de nucleótidos que tem pelo menos 70%, 75%, 80%, 85%, 90%, 95%, 96%, 97%, 98%, ou 99% de identidade com a SEQ ID NO:

1. Em outro aspecto, a invenção proporciona a sequência completa do genoma do vírus EboBun

Vacinas Ebola e propagação

A patente  da CDC passam a explicar especificamente a proteção sobre um método de propagação do vírus Ebola em células hospedeiras, bem como o tratamento de infectados com as vacinas:

Em outro aspecto, a invenção proporciona preparações de vacina, compreendendo o vírus inventivo, incluindo as formas recombinantes e quiméricos do vírus, as moléculas de ácido nucleico compostas pelo vírus, ou subunidades de proteína do vírus. A invenção também proporciona uma formulação de vacina compreendendo uma quantidade terapeuticamente ou profilaticamente eficaz do vírus

Não há razão médica para trazer Ebola para os Estados Unidos

Esta patente pode ajudar a explicar por que as vítimas do Ebola estão sendo transportados para os Estados Unidos e colocada sob a autoridade médica do CDC. Estes pacientes estão realizando valiosos teste de ativos de propriedade intelectual na forma de variantes de Ebola, e o Centro de Controle de Doenças (CDC) deseja claramente  expandir seu portfólio de patentes, estudando e potencialmente patenteando novas cepas ou variantes. (2)

Há, no entanto, uma razão completamente diferente para trazer os pacientes de Ebola a América:  explorandos para experiências médicas, armas biológicas militares  ou reivindicações de propriedade intelectual.

Certamente, as autoridades médicas da Universidade de Emory e do CDC estão trabalhando duro para salvar a vida dos dois pacientes que foram transportados para os EUA, mas eles também estão buscando outra coisa ao mesmo tempo: uma  maneira de isolar, identificar e patentear  doenças infecciosas agentes.

Apenas na esperança de salvar vidas?

Por um lado, é importante ressaltar que a patente do CDC tem da  Ebola é pelo menos parcialmente focada em métodos de triagem para e tratamento de vítimas com drogas ou vacinas. Esta parece ser uma precaução que vale a pena contra uma doença infecciosa que ameaça claramente vidas.

Por outro lado, porque a patente? Patentear o Ebola parece tão estranho quanto patentear câncer ou diabetes. Por que um governo ou organização afirma ter "inventado" esta doença infecciosa  e reivindica um monopólio sobre a sua exploração para uso comercial?

O CDC espera coletar royalties sobre as vacinas do Ebola? "Inventando" mais variantes e patenteando as demais?

Não se engane que bilhões de dólares em lucros estão em jogo em tudo isso. As ações da Tekmira subiu mais de 11% na sexta-feira com a pressão que foi colocada sobre a FDA para  os testes de vacinas contra Ebola. "Ativistas de saúde começaram uma petição que já foi assinado por cerca de 15.500 pessoas no site change.org pressurizando a FDA  a aprovar o medicamento no prazo mínimo possível", relata o site  BidnessEtc.com. (3)

Roteiro cuidadoso ou teatro médico?

Com isso, começamos a ver a estrutura do teatro  médico se unindo: A pandemia de pânico global, uma patente do governo, a importação de Ebola em uma grande cidade dos EUA, uma vacina experimental, a ascensão de uma empresa farmacêutica pouco conhecido e um clamor público para a vacina.

Este teatro médico algum dia poderia envolver um "acidente de laboratório" em um laboratório dos EUA, o "escape" de Ebola na população, e uma campanha de vacinação obrigatória em todo o país que enriqueceria a Tekmira e seus investidores, e posicionando a CDC com suas patentes de vírus como o "salvador do povo americano."

Sim, já ouvi essa música antes, mas a última vez foi chamado de Gripe Suína.

A fórmula é sempre a mesma: criar alarme, trazer uma vacina para o mercado, então assustar os governos a comprar bilhões de dólares em vacinas que não precisam.

Assista ao episódio do Canal Fox News (Inglês):




Referências:

(1) http://www.google.com/patents/CA2741523A1?cl...

(2) https://www.youtube.com/watch?v=SHAK6oX-JN4&feature=...

(3) http://www.bidnessetc.com/23519-tekmera-shar...


Texto Traduzido do Inglês

Fontes: Por Tras Midia Mundial , Natural News

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato