background img

Templo de Salomão pode até ser demolido se fraude na obtenção do alvará for comprovada


Templo de Salomão Crédito: Eliezer dos Santos/CBN)
Segundo o promotor Maurício Antônio Ribeiro Lopes, o Ministério Público ainda não tem convicção de que houve irregularidades na obra. Ele afirmou que uma investigação já foi aberta para apurar o caso.

Em entrevista ao CBN SP, o promotor disse que um inquérito sobre o Templo de Salomão foi arquivado em 2011 com base em documentos fornecidos pela prefeitura de São Paulo,antes do caso envolvendo o ex-diretor do Aprove, Hussain Aref Saab, acusado de liberar obras em troca de propina.Segundo ele, essas informações atestavam a regularidade da obra. Maurício Antônio Ribeiro Lopes afirmou que, se comprovado que os dados eram falsos, quem os forneceu pode responder pela prática de crime.
O promotor também cobrou da prefeitura um pente fino sobre os casos que contaram com a participação o ex-diretor do Aprove.



Prefeitura de SP alega que responsabilidade sobre construção do Templo de Salomão é da gestão Kassab

O prefeito Fernando Haddad afirmou que ainda não recebeu nenhuma denúncia, mas afirma que mandará os documentos necessários para análise do Ministério Público.



Fontes: Libertar , CBN 1CBN 2

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato