background img

Panorama Copa: Reinicio do CAOS - Derrota da Seleção motiva distúrbios e violência pelo país

Autoridades da Grande São Paulo já registraram diversos casos de ataques a ônibus no início da noite desta terça-feira (8), após a derrota da Seleção diante da Alemanha por 7 a 1, na semifinal da Copa do Mundo. A Polícia Militar informou ainda um relato de saque à uma loja do Ponto Frio na zona sul da capital paulista.

O grande foco de ataque a ônibus aconteceu em uma garagem na Rua Manuel Pinto Guedes, no Jardim São Luiz. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) disse que os oito veículos destruídos já estavam desativados. Não há informações sobre feridos ou presos. Outros incêndios foram vistos em Osasco e Guaianases, Sapopemba.

Violência em BH

Pelo menos cinco pessoas foram detidas em Belo Horizonte. De acordo com informações da Polícia Militar, quatro pessoas foram presas por queimarem uma bandeira do Brasil ainda no intervalo da partida, o que é crime. Um torcedor foi preso por desacatar policiais ao fim da partida.

Na Savassi, principal ponto de encontro de torcedores ao longo de toda a Copa do Mundo na cidade, houve princípios de quebra-quebra e garrafas quebradas. Alguns torcedores, com ânimos mais acirrados, atiraram pedras na PM, o que fez com que a corporação reforçasse o efetivo nas imediações. Porém a região já estava vazia antes mesmo do apito final.

Nos bairros da região Centro-Sul, houve foguetório durante os gols da Alemanha no segundo tempo. Na Fan Fest, no Expominas, quem ficou vibrou com cada gol da seleção alemã. A maior parte da torcida, no entanto, abandonou o espaço ainda no primeiro tempo ou durante o intervalo.

O clima também era tranquilo na saída do Mineirão, apesar da tristeza generalizada. A PM reforçou o efetivo nas avenidas Antônio Carlos e Catalão, principais acessos entre a Pampulha e o Centro. Até o momento não houveram tumultos registrados no entorno do estádio.

Brasília

Em Brasília, a Polícia Militar do Distrito Federal prendeu nesta terça um homem que quebrou um televisor da Rodoviária do Plano Piloto. O incidente ocorreu depois da derrota da seleção brasileira. Segundo informações da Coordenadoria de Comunicação para a Copa (ComCopa) do Governo do Distrito Federal, o envolvido nesse caso está detido na 2ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte. A ocorrência está em andamento.

De acordo com informações fornecidas pela ComCopa, a Secretaria de Segurança do DF informa que até este momento a cidade está tranquila, sem registro de ocorrências de destaque.

Segurança reforçada

O ministro-chefe da Secretaria Geral, Gilberto Carvalho, disse ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, que o governo federal está reforçando a segurança em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e em São Paulo, como prevenção a eventuais manifestações violentas após a derrota do Brasil para a Alemanha por 7 a 1.

De acordo com Carvalho, o governo está mapeando onde há manifestações para aumentar o efetivo de homens das forças de segurança pública para evitar maiores problemas.

O ministro pediu "bom senso" aos manifestantes e cabeça fria, lembrando que a Copa continua e que tudo está correndo muito bem.

Fonte: Yahoo , Lado Oculto Nova Ordem Mundial , Notícia Final , Libertar

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato