background img

Panorama Copa: Polícia relaciona 'máfia dos ingressos' à empresa de sobrinho de Blatter

Única empresa autorizada pela Fifa a vender pacotes de ingressos e camarotes, a Match está sendo investigada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. A companhia tem entre seus sócios Phillip Blatter, sobrinho do presidente da entidade máxima do futebol, Joseph Blatter. A informação é do jornalista Jamil Chade, em matéria publicada no jornal O Estado de S. Paulo.

Outro integrante da Fifa, cujo nome não foi identificado, também foi apontado como chefe do esquema de venda ilegal de ingressos. A revelação foi feita pelo advogado José Massih.

Os dois estariam acima do franco-argelino Lamine Fofana, 57 anos, que foi preso na última terça-feira na operação Jules Rimet. Massih é braço direito de Fofana e também foi preso.

O advogado prestou depoimento ontem em São Paulo e teria revelado o nome do funcionário da Fifa em troca de sua liberdade.

Ontem, a Fifa negou informação de que o cambista era credenciado pela entidade. Como se trata de uma investigação de um esquema com origem na própria entidade, a polícia não estaria disposta a abrir todas as informações para a Fifa.

A investigação apura se Fofana é sócio do funcionário da Fifa. A polícia acredita que o lucro da quadrilha envolvida na comercialização ilegal de ingressos chegue a R$ 500 milhões.

Fonte: Esportes MSN

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato