background img

Microsoft alerta sobre falha presente em todas as versões do Internet Explorer

Colaborador: JBraga

No fim da tarde desta segunda-feira, a Microsoft publicou uma correção para o problema, mas apenas para as versões 10 e 11 do Internet Explorer.

 Vulnerabilidade pode ser explorada por hackers, pois permite a execução remota de um código

No sábado (26), a Microsoft emitiu um alerta sobre uma vulnerabilidade encontrada em todas as versões do Internet Explorer: 7, 8, 9, 10 e 11. De acordo com a Cnet, a falha foi relatada primeiro pela empresa de segurança FireEye ainda na sexta-feira (25). Segundo a própria Microsoft, a vulnerabilidade, que permite a execução remota de um código, está sendo explorada em ataques “limitados e direcionados”. Segundo a FireEye, no entanto, alguns hackers já estão aproveitando o problema para atacar organizações financeiras e de defesa dos Estados Unidos.

Ainda conforme a FireEye, o descobrimento da falha é importante porque afeta mais de um quarto do mercado de navegadores. A Microsoft explica que a vulnerabilidade pode ser usada para atrair visitantes para uma página especialmente criada por hackers, mas que é preciso que o usuário entre na página infectada para que a falha possa ser explorada.

A Microsoft ainda não corrigiu a falha e por isso recomenda que os usuários tenham cuidado e executem o Internet Explorer no modo restritivo que em muitas versões do Windows já vem como padrão. Ou, ainda, que defina como Alta as configurações de segurança da intranet local para bloquear controles ActiveX e scripts ativos. A Microsoft também recomenda que os usuários adicionem sites confiáveis ​​à zona de Sites confiáveis ​​do Internet Explorer, que configure o Internet Explorer para ser notificado antes da execução de scripts ativos ou desabilite os scripts ativos na Internet e intranet local na zona de segurança.

EUA pedem que pessoas parem de usar Internet Explorer

Alerta pede que usuários procurem outros navegadores até que grave falha de segurança seja resolvida

O governo dos EUA recomendou que usuários do Internet Explorer parem de usar o navegador até que uma falha anunciada no sábado seja reparada pela Microsoft. A advertência foi comunicada hoje pelo departamento governamental responsável pela segurança na internet.

O problema permite que se execute um código através do browser de outro computador e está presente em todas as versões do browser - 6, 7, 8, 9, 10 e 11. Através dela, por exemplo, um invasor pode criar um site falso e induzir o usuário a acessá-lo.

Um órgão de segurança do governo britânico emitiu aviso semelhante no Reino Unido. Pediu aos usuários que procurem outros navegadores e que mantenham seus antivírus atualizados.

Referências: TechNet Microsoft (Inglês) , TechNet Microsoft , CNet

Fontes: Estadão MSN , IG Tecnologia , Zap Aeiou

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato