background img

Cientistas vão seguir a vida de 100 pessoas por décadas

Fonte: Think Stock
Por Danilo Barba
Cem pessoas saudáveis doaram seus corpos à ciência em vida como parte de um novo estudo sem precedentes.

Numa espécie de Big Brother em busca do bem estar humano, o trabalho irá monitorar permanentemente a saúde dos participantes durante os próximos 25 anos, revelaram pesquisadores à revista Nature.

Batizado de Hundred Person Wellness Project, o projeto começou com o sequenciamento do genoma completo de cada um dos indivíduos. A ideia é “seguir a transição do coração, cérebro e fígado de um estado saudável até o doentio", adiantou Dr. Leroy Hood, PhD presidente do Instituto de Sistemas Biológicos (ISB) , em Seattle, nos Estados Unidos.A cada três meses, os pesquisadores irão colher amostras de urina, sangue, saliva e fezes dos participantes, que terão que usar dispositivos eletrônicos o tempo todo. Os equipamentos deverão registrar suas atividades físicas continuamente. A partir dos nove primeiros meses do programa piloto, Hood pretende comparar, entre outras coisas, as variáveis dos padrões de sono, ritmos cardíacos, níveis de bactérias intestinais, proteínas que sinalizam o estado de orgãos e a atividade celular.A análise completa dos dados mais de duas décadas depois deverá romper com as práticas convencionais da medicina, acredita Hood. A hipótese do médico é que, graças a pesquisas deste tipo, indivíduos poderão detectar oportunidades de evitar doenças dada a sua genética.

O que é único sobre os humanos é a sua individualidade", disse Hood, durante a reunião anual da Associação Americana (dos EUA) para o Avanço da Ciência. Ele defende que o sistema de análises clínicas atual é “totalmente falho” porque não leva em consideração diferentes genéticas e ambientes.

O médico é um dos maiores promotores da medicina P4 (Previsível, Preventiva, Personalizada e Participatória), sistema criado pelo USB em parceria com a Universidade de Ohio. Seus tratamentos envolvem “abordagens inovadoras com sistemas biológicos”, segundo o site da organização. Em seu Hundred Person Wellness Project, Hood acrescenta que “pode seguir as coisas bem de perto e ver como cada um responde a um tratamento”.

Fonte: Mulher Yahoo

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato