background img

O intrigante suicídio de três banqueiros chama a atenção

Deutsche Bank
Será que a onda de suicídios de banqueiros é apenas coincidência, ou alguma coisa podre está para vir à tona no meio do mundo financeiro?

Mike Dueker, 50, economista chefe do Russel Investiments, foi encontrado morto ao lado da estrada que leva à Tacoma Narrows Bridge, havia caído de um aterro com mais de 15 metros de altura. Alguns amigos registraram seu desaparecimento, em 29 de janeiro, após ter tido problemas no serviço, de acordo com a polícia da cidade de Pierce, no estado de Washington.

Gabriel Magee, 39, vice presidente de investimento do JP Morgan europeu, em 28 de janeiro caiu do 33º andar do edifício central do banco e foi encontrado no teto de um prédio lateral de 9 andares, no centro de Londres. Um colega disse que “a polícia vai vasculhar seu escritório, para tentar descobrir se Magee cometeu algum erro. Provavelmente, ele passou a noite no escritório tentando acertar a falha antes da queda.”

Bill Broeksmit, 59, ex-executivo do Deutsche Bank foi encontrado enforcado em sua residência de South Kensington, Londres, no domingo, 26 de janeiro. A Scotland Yard acredita ser suicídio. Ele esteve envolvido na recuperação do banco após a crise financeira de 2008, quando muitos bancos de investimentos descobriram que seus débitos eram “tóxicos”, e impossível de serem saldados. Bill aposentou em fevereiro último e era considerado ter “close ties to co-chief executive Anshu Jain.”

Além deles, faleceu também, na semana passada, um diretor do Swiss Re AG Investimentos, baseado em Londres, mas a causa da morte não foi publicada.

Será que a onda de suicídios de banqueiros é apenas coincidência, ou alguma coisa podre está para vir à tona no meio do mundo financeiro?




Fontes:Bloomberg , Dailymail , Actualidad RT



Um comentário: Leave Your Comments

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato