background img

A Nova Ordem Mundial Lutando Contra as Restrições — Parte 3 de 4

A falência moral de nossa sociedade está bem comprovada.

Poucas pessoas compreendem por que falimos moralmente. No entanto, quando olhamos para a sociedade com os olhos de Deus, por meio da Bíblia, podemos facilmente compreender a razão de estarmos enfrentando problemas sem precedentes hoje. O estudo da nossa sociedade por meio dos olhos de Deus é o que sempre tentaremos fazer aqui; fique conosco para aprender algumas verdades esclarecedoras.

Nos dois últimos programas, discutimos um assunto interessante e pertinente: Que hoje, como nunca antes na história, existem forças do mal sem precedentes sendo exercidas a partir de muitas formas e de muitas fontes. Essas forças estão se unindo para provocar a destruição da Velha Ordem Mundial do judaismo-cristianismo e instituir a Nova Ordem Mundial do Anticristo. Examinamos muitas dessas forças diferentes partindo do conceito que estamos olhando para um retrato da história mundial que é totalmente único. Por outro lado, o Espírito Santo continua a restringir essas forças malignas principalmente por meio da ação da igreja cristã verdadeira. Satanás, porém, está forçando poderosamente para liberar suas forças, para dominar o mundo e entregar os reinos deste mundo ao Anticristo, instituindo um reino já cuidadosamente planejado e que, quando for implantado, cumprirá muitas profecias bíblicas. Esse é o retrato da história, da qual somos testemunhas oculares.

Hoje, iniciaremos com uma atualização em um assunto discutido anteriormente, a campanha para convencer a grande maioria da população que a homossexualidade e o lesbianismo são normais, saudáveis e tão válidos quanto a heterossexualidade. A capa e a matéria principal da revista Newsweek, de 14 de setembro de 1992 foi sobre esse assunto. A capa dizia "Gays Under Fire — What America Thinks. A Newsweek Poll" ('Os gays sob fogo — O que a América acha. Uma pesquisa da Newsweek'). Os resultados foram esclarecedores e desanimadores.

A pesquisa da Newsweek fez duas perguntas muito importantes:

A homossexualidade é um estilo de estilo de vida aceitável? Incrivelmente, 41% dos respondentes concordaram que a homossexualidade é tão aceitável quanto a heterossexualidade ordenada por Deus. Em outras palavras, quase metade dos respondentes agora crêem que a homossexualidade é normal e saudável. Este é um dos maiores exemplos que o Plano de Seis Etapas para a Mudança de Atitudes com relação à homossexualidade foi bem sucedido. Lembra-se do Plano das Seis Etapas Mudança de Atitudes? Dedicamos um tempo considerável a esse assusto devastador no seminário e criamos um longo artigo sobre ele, N1055. Você se lembra que a chave é a criação do conflito contínuo entre dois lados opostos? Logicamente, o conflito contínuo é amplamente oferecido neste caso pela mídia de massa, que apóia grandemente a homossexualidade e que deseja ver mudança nas atitudes da população. O artigo da Newsweek, mais a maioria dos outros vistos em revistas, jornais e TV, são escritos de tal forma a apresentar o movimento pró-homossexual como razoável, normal e elegante, enquanto o lado oposto é ridicularizado, não recebe o mesmo espaço, e é retrato como preconceituoso e obtuso.

Em seguida, foi feita a pergunta: "Homossexuais devem ser contratados para trabalhar em cada uma destas profissões?"

83% concordaram que os gays podem ser vendedores.

59% concordaram que os gays podem servir nas forças armadas.

54% concordaram que os gays devem podem ser professores de escolas de Segundo Grau, e 51% concordaram que podem ser professores da Escola Primária. Essa resposta deve causar preocupação aos pais cristãos, pois os professores sempre foram modelos para muitos alunos. Constantemente, advertimos nossos ouvintes que as escolas públicas hoje são perigosas para as almas das nossas crianças, por causa dos valores anticristãos que agora são ensinados. Agora, a pressão ficará ainda maior, pois homossexuais e lésbicas serão contratados como professores no sistema de escola pública.

48% dos respondentes concordaram que os gays podem ser ministros religiosos. Não consigo acreditar nisso. O povo desta antiga grande nação cristã foi persuadido que os ministros que servem em nossas igrejas podem ser homossexuais e/ou lésbicas. Tremo ao contemplar o futuro julgamento diante de um Deus onipotente e imutável. Lembro que Deus reservou um julgamento especial para os sacerdotes que foram infiéis em seu ministério nos dias antes de levantar Nabucodonosor, rei de Babilônia, como a espada de julgamento contra o pecaminoso e rebelde Israel. Não se engane querido ouvinte: nosso país é culpado dos mesmos pecados e sofrerá o mesmo destino. Verdadeiramente, este é o fruto final de todos os muitos anos no século 20 de ensino de falsa doutrina e do ensino da sabedoria do homem.

Você vê os cães forçando, tentando romper as correntes?

Informamos em um artigo anterior, que o Plano da Nova Ordem Mundial prevê que as pessoas sejam marcadas com uma marca invisível, sem a qual ninguém poderá comprar ou vender. Mencionamos um documento de Nova Era que diz que as pessoas devem ser condicionadas em um processo de três etapas. Primeiro, as preferências pessoais da população serão rastreadas por meio do registro eletrônico das vendas. Isso será obtido por meio do sistema de código de barras. Obviamente, já passamos por essa etapa. Segundo, as pessoas serão condicionadas à marcação dos pacotes com o código de barras. Este objetivo também já foi atingido. Finalmente, os consumidores serão identificados por meio de cartões de crédito e de débito. Estamos neste ponto agora.

Após o público ter sido suficientemente condicionado por meio dessas etapas, o passo final a ser tomado é marcar toda a população mundial com uma marca invisível a olho nu, sem a qual ninguém poderá comprar nem vender. Há muito tempo que os estudiosos da Bíblia, baseados na leitura de Apocalipse 13:16-18, sustentam que esse passo final não poderá ser dado sem que o papel-moeda e os cheques sejam retirados de circulação.

Creio que eles estejam corretos, pois a literatura de Nova Era está agora divulgando a necessidade de entrarmos em uma sociedade onde não haja a circulação de dinheiro, apenas transações virtuais em computadores. A maioria dos produtos vendidos no varejo já tem o código de barras. Devemos estar muito próximos da eliminação total do papel-moeda. No entanto, acredito que estamos testemunhando a mais recente e última etapa para a eliminação do dinheiro: a colocação do código de barras nas próprias notas. As novas notas de 100 e de 50 dólares agora têm um código de barras impresso. Como os códigos de barra usam código de computador '666' para funcionar, esse desenvolvimento significa que, pela primeira vez na história, o homem colocou '666' no dinheiro. A marca numérica do Anticristo está agora no nosso dinheiro.

Você vê os cães forçando, tentando romper as correntes?

O Movimento Feminista radical nos EUA agora alcançou um sucesso sem precedentes em sua habilidade de enquadrar o debate nacional sobre muitas questões e em sua influência sobre a política governamental. Muitos líderes cristãos afirmam que a National Organization for Women (NOW, Organização Nacional das Mulheres) não pode ser levada tão a sério, pois representa as idéias de uma pequena minoria das mulheres norte-americanas. Embora numericamente isso seja correto, negligencia o perigo representado por essas feministas radicais.

O Feminismo Radical é a locomotiva que movimenta o trem. Seu ativismo fornece o conflito necessário para implementar o Plano de Seis Etapas para a Mudança do Comportamento. O Feminismo Radical tem um representante na Casa Branca, a primeira-dama americana, a senhora Hillary Clinton. Ela suporta toda a pauta feminista, especialmente a destruição da família tradicional. Acho extremamente interessante que ela apóie o direito das crianças de processar seus próprios pais, apesar das instruções de Deus serem de os pais disciplinarem os filhos com a vara, se necessário, para treiná-los no caminho em que devem andar; Deus até diz que essa disciplina livrará a alma da criança da perdição no inferno.

No entanto, o Movimento Feminista radical também quer destruir a família tradicional de outras formas:

* Iniciando um conflito entre os dois sexos, o que resultará em menos casamentos heterossexuais e assim, no nascimento de menos crianças. Portanto, as feministas também suportam o aborto por qualquer motivo e a qualquer momento durante a gravidez, sem qualquer restrição. Os maridos que se opuserem ao aborto e quiserem salvar a vida do bebê não têm direito algum nessa matéria. Assim, os maridos e as mulheres são colocados um contra o outro. O ativista cristão pelos deficientes, Dr. Wolf Wofensberger, da Universidade Siracusa, observa esse triste fenômeno em seu livro The New Genocide of Handicapped and Afflicted People.

No entanto, existem outros modos em que os homens e mulheres estão sendo colocados uns contra os outros. A entrada das mulheres no mercado de trabalho, competindo com os homens pelos melhores cargos também criou grande estresse sobre o relacionamento entre homens e mulheres. As atitudes do Feminismo Radical são estridentes e combativas, com algumas questões sendo legítimas e outras ilegítimas. O melhor exemplo de uma questão ilegítima é a discriminação sexual, conforme exemplificado pelo fiasco Anita Hill/Clarence Thomas. A questão não é que a discriminação e o assédio sexuais devam ser tolerados; é lógico que precisam ser combatidos. O problema aqui com Anita Hill é que ela não ofereceu nenhuma prova concreta para confirmar suas afirmações; no entanto, quase conseguiu impedir que o juiz Clarence Thomas fosse confirmado como membro da Suprema Corte, e teria arruinado sua vida e sua carreira se tivesse conseguido evitar a nomeação. Eu já trabalhei no ramo de varejo por vinte anos e posso garantir que a maioria dos homens ergue uma enorme barreira entre eles e suas funcionárias mulheres, para evitar qualquer acusação, a qualquer custo. As feministas radicais ainda insistem que deveríamos ter acreditado em Anita Hill com base em sua acusação somente. Senti que o episódio abalou a vida empresarial dos EUA.

A mídia de massa também está criando filmes que mostram o relacionamento homem/mulher em outras formas que não a heterossexual. A família tradicional é o alvo para a destruição.

Muitas feministas radicais são mulheres lésbicas e o movimento certamente apóia esse estilo de vida, bem como o dos homossexuais. Elas certamente promovem a homossexualidade e classificam qualquer pessoa ou organização que discorde delas com aquela palavra terrivelmente ofensiva: "homofóbico".

Não se engane sobre o dano que as Feministas Radicais estão infligindo sobre o tecido da sociedade atual. Esses cães estão realmente forçando, tentando romper as correntes.

Vamos agora mudar de assunto e abordar a questão do jogo de poder no Oriente Médio.

A Bíblia diz que, nos últimos dias, o Oriente Médio, e Jerusalém, especificamente, será o centro das preocupações mundiais, e isso está acontecendo à medida que nos aproximamos mais do início da Tribulação. Em Zacarias 12:2-3, temos: "Eis que eu farei de Jerusalém um copo de tremor para todos os povos em redor... E acontecerá naquele dia que farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos os que a carregarem certamente serão despedaçados; e ajuntar-se-ão contra ela todo o povo da terra." O contexto dessa passagem é o fim dos tempos, e a história moderna confirma essas palavras. Desde a criação no novo estado de Israel, em 1948, todos os países árabes se uniram no propósito de destruí-lo.

Os árabes atacaram Israel com grande superioridade numérica em quatro guerras; no entanto, Deus miraculosamente livrou Israel todas as vezes. No entanto, Deus permitirá que Satanás acenda o fogo no Oriente Médio novamente. Lembre-se, no passado Satanás tentou várias vezes destruir os judeus, simplesmente por serem o povo escolhido por Deus. As forças de Satanás estão se posicionando para mais uma vez tentar destruir Israel completamente. Quando a antiga União Soviética foi desmembrada anos atrás, um número não determinado de ogivas nucleares foi adquirido por vários países, especialmente Estados árabes. Essas ogivas aparentemente foram enviadas para dois grandes inimigos de Israel: o Irã e a Síria. Essa ação significa que, pela primeira vez desde que Israel tornou-se uma nação novamente, em 1948, seus inimigos têm armas nucleares.

No entanto, eles ainda precisavam de um sistema de transporte eficiente para suas ogivas nucleares. As defesas antiaéreas israelenses são tão eficientes que nenhum bombardeiro que esteja sobrevoando um país vizinho pode ter a pretensão de querer entrar no território aéreo de Israel. Assim, somente mísseis desenvolvidos especificamente para as operações no teatro local poderiam transportar essas ogivas. Testemunhamos a ineficiência dos mísseis Scud iraquianos durante a guerra do Golfo Pérsico, mas você sabia que aqueles eram mísseis Scud de primeira geração? A Rússia simplesmente vendeu mísseis obsoletos aos iraquianos. A tecnologia russa atual é muito mais eficiente, e está incorporada no míssil Scud C. Esse míssil é muito eficiente e não pode ser interceptado nem pelos mísseis norte-americanos Patriot, nem pelos mísseis defensivos Arrow, de Israel.

Os planejadores da Nova Ordem Mundial garantiram que o Irã e a Síria receberiam os foguetes capazes de transportar as ogivas nucleares. No início de abril, as agências norte-americanas de inteligência informaram a mídia mundial que tinham detectado a partida de um navio cargueiro de um porto na Coréia do Norte com uma carga de mísseis Scud C avançados. Os altos oficiais norte-americanos repetidamente afirmaram que a Marinha dos EUA acompanharia esse navio e não permitiria que ele aportasse. Esses mísseis, diziam, poderiam alterar drasticamente o "equilíbrio de poder" no Oriente Médio. Por aproximadamente duas semanas, a impressa nos manteve informados sobre a posição do navio cargueiro, até que o ponto foi atingido em que ele entrou no Golfo Pérsico, perto do porto iraniano que era seu destino. Os oficiais norte-americanos declararam que, se o cargueiro não retrocedesse, a Marinha americana o pararia e tomaria no dia seguinte.

Esse dia chegou sem que qualquer ação fosse tomada pela Marinha americana. Os oficiais declararam que a Marinha tinha "perdido" o cargueiro. O artigo de um jornal citou o comentário de um almirante reformado que disse ser impossível "perder" o contato com um navio no Golfo Pérsico; talvez o contato pudesse ser perdido em um grande oceano, mas não na "banheira" que é o Golfo Pérsico. Sua conclusão foi que alguém muito importante tomou a consciente decisão de permitir que o navio cargueiro passasse. O jornal anunciou que, embora o cargueiro tivesse atracado em um porto iraniano, a maior parte da carga destinava-se à Síria. Essa conclusão faz sentido militarmente, pois é a Síria, não o Irã, que tem fronteira com Israel. Agora a Síria possui ogivas nucleares e um míssil efetivo para transportá-las. Durante a Guerra do Golfo Pérsico, os especialistas militares deixaram bem claro que a Síria representava uma ameaça muito maior para Israel do que o Iraque, simplesmente porque suas forças armadas são muito mais fortes.

O cenário para guerra nuclear no Oriente Médio já está armado. No entanto, as nações árabes sempre estiveram em xeque, sabendo do que os EUA são um grande aliado de Israel. Os EUA sempre socorreram Israel durante todas as suas guerras, chegando até a colocar suas forças nucleares em alerta. A última vez em que isso ocorreu foi na guerra do Yom Kippur, em 1973, na qual Israel quase foi derrotado. Essa guerra esgotou tão rapidamente o estoque de munições de Israel e seus equipamentos pesados que a derrota parecia ser apenas uma questão de horas. O presidente Nixon reagiu enérgica e decisivamente. Ele colocou as forças armadas norte-americanas em alerta total, incluindo o braço nuclear, e ordenou um transporte aéreo ininterrupto de estoques de munição e de tanques das forças americanas estacionadas na Europa. Os aviões cargueiros norte-americanos voaram sem parar, transportando as munições desesperadamente necessárias para que Israel pudesse conquistar a vitória.

Por que os EUA apoiaram Israel dessa forma, especialmente considerando-se que nossa liderança apóia consistentemente a satânica Nova Ordem Mundial? A resposta não pode ser por causa do poderoso lobby judaico em Washington, simplesmente porque os judeus neste país não são tão numerosos para ter toda essa influência. Os líderes judeus, nos EUA e em Israel reconhecem que o apoio americano tem sido tão firme unicamente devido ao fervoroso apoio dos cristãos fundamentalistas. Os cristãos nascidos de novo não têm apenas o amor de Jesus Cristo em seus corações, mas também têm o amor a Israel e aos judeus, a quem ainda consideram a nação escolhida por Deus.

No entanto, esse apoio tradicional está se enfraquecendo com o tempo. Israel não pode contar mais com o apoio perpétuo dos EUA. Na verdade, existem evidências que o Congresso americano está armando o cenário para a derrota de Israel. Um artigo publicado no Providence-Journal Bulletin, em 24/8/92, informou que os especialistas em armamentos americanos e israelenses tinham desenvolvido uma arma prática que poderia destruir os avançados mísseis Scud; no entanto, o gabinete do senador democrata Inouye emitiu uma "diretiva para interrupção dos trabalhos" em abril sobre esse novo sistema defensivo. Quando o Pentágono ignorou essa diretiva, a liderança democrata do Congresso propôs o corte de todos os fundos do orçamento de 1993. O autor do artigo concluía que somente ação do Senado poderia evitar esse corte nos fundos. Se esse sistema de armas fosse interrompido, as cidades israelenses ficariam vulneráveis ao ataque de mísseis. E o Congresso americano tomou a ação para armar o cenário.

Os cães estão forçando, tentando romper a corrente, prevendo ansiosamente o momento em que poderão atacar e devorar Israel. Se o arrebatamento remover subitamente a igreja cristã, Israel descobrirá bem depressa que perdeu seu melhor amigo no mundo. Acreditamos que as forças de Satanás atacarão quase que instantaneamente. Israel enfrentará forças mortais provenientes de muitas direções, armadas com armas nucleares avançadas. Sua derrota parecerá inevitável, pelo menos aos olhos humanos.

No entanto, Deus prometeu que, após Israel renascer como nação, nunca mais será expulso de sua terra novamente. Em Amós 9:11-15, Deus promete várias coisas a Israel nestes últimos dias:

Promete "levantar o tabernáculo caído de Davi" e "restaurá-lo como nos dias da antiguidade" (verso 11).

Promete expandir o território de Israel (verso 12).

Promete tornar Israel produtivo e próspero, tanto material quanto espiritualmente (versos 13-14).

Finalmente, promete que Israel "não será jamais arrancado da sua terra".

Se isso é verdade, como Deus protegerá Israel quando seu único aliado confiável o abandonar? A resposta é bem simples. O próprio Deus intervirá para proteger Israel. Vemos este cenário mais claramente em Daniel 12:1, em que Deus diz que durante a Grande Tribulação, os eventos ficarão tão terríveis para Israel que Miguel, o grande arcanjo de Deus, se levantará para defender Israel pessoalmente. Deus intervirá para que esses avançados mísseis Scud C não funcionem direito ou que sejam destruídos em um brilhante primeiro ataque, ou que as ogivas não disparem.

No entanto, essa guerra terá sido possível porque Deus removeu a influência restritora, possivelmente removendo a igreja cristã no Arrebatamento. Ao mesmo tempo, os cães de Satanás estarão realmente forçando, tentando romper as correntes.

De muitas formas sem precedentes, e vindo de muitas direções não imaginadas antes, as forças de Satanás parecem posicionadas para avançar e tomar o controle deste mundo. A única razão pela qual isso ainda não aconteceu é por que o Espírito Santo ainda está restringindo Satanás. Depois que a restrição for removida, como a Bíblia diz, as forças satânicas tomarão o controle imediatamente. O simples fato de vermos tantas forças satânicas se organizando parece ser outro sinal que o arrebatamento da igreja está muito próximo.

Como Jesus Cristo disse em Lucas 21:28: "Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima." 

Fonte: Espada


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato