background img

Desastre não pára: Água radioativa continua a escapar dos tanques de Fukushima para o Oceano Pacífico

Outro tanque na usina nuclear de Fukushima danificado foi encontrado um vazamento de água contaminada. Este é o segundo vazamento que ocorre em dois meses.

No mês passado, em meio à crescente preocupação internacional, o governo do Japão disse que iria financiar os esforços para melhorar a gestão da água radioativa no site. Yoshihide Suga, principal porta-voz do governo do Japão, disse que pensou que a situação estava sob controle, mas estes últimos vazamentos mostram que (Tepco) os esforços Tokyo Electric Power Company para melhorar a sua retenção de água contaminada tem sido insuficiente.


Tepco disse que a água que vazou continha 200 mil becquerels de isótopos radioativos beta-emissores por litro. Durante o máximo de 12 horas, cerca de 113 galões (430 litros) de água contaminada foram derramado sobre a borda de um tanque inclinado definido em terreno irregular, Masayuki Ono, um porta-voz da Tepco, disse a jornalistas.

A empresa está enchendo os tanques de contenção para o superior, enquanto se esforça para encontrar espaço para armazenamento de toda a água radioativa. Tepco admitiu apenas no verão passado que a água contaminada da usina de Fukushima estava vazando para o Oceano Pacífico. A Ono disse que o vazamento de água encontrado recentemente tem provavelmente fluido em uma vala que conduz ao Oceano Pacífico.

Autoridades afirmam que os vazamentos de radiação são mais confinados ao porto ao redor da planta e que não representam uma ameaça ao meio ambiente, como a radiação será diluída pelo mar. Claro, Tepco e o governo japonês vêm minimizando o desastre desde que começou, então o quanto podemos realmente confiar em tais afirmações

Fontes:
Thrive
Libertar
Naturalnews 
UND

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato