background img

Chemtrails: um artigo do Daily Mail

As Chemtrails (literalmente: trilhas químicas) existem? Não existem?

Ao Leitor a resposta.

Aqui vamos tratar dum artigo do britânico Daily Mail que fala do assunto:

Os céus poderiam mudar-se dum reconfortante azul para um lençol branco se os cientistas forem forçados a tomar medidas drásticas para combater o aquecimento global, afirmam os especialistas.

Ao injectar aerossóis, que dispersam a luz na atmosfera, poderiam refletir mais sol fora do planeta e esfriar a Terra.

Mas o efeito em cadeia seria a dispersão de partículas vermelhas ao redor da atmosfera, que mudam o azul. O resultado seriam céus que se transformam em num branco nebuloso, em vez das cores vivas que costumamos observar num dia de Verão.

Segundo o relatório na revista New Scientist, tal medida iria reduzir em um quinto a quantidade de luz solar que chega até a Terra, embora a redução da quantidade de azul no céu poderia ser muito mais pronunciada.

Ben Kravitz, da Carnegie Institution for Science in Stanford, Califórnia, tem afirmado que a humanidade poderia virar-se para a geoengenharia para resolver os nossos problemas com o meio ambiente, uma solução drástica se as coisas tivessem que piorar.

Afirma que serão precisas partículas entre os 0,1 e os 0,9 micrómetros de diâmetro espalhadas para influenciar a quantidade de luz no céu.

Se partículas deste tamanho fossem utilizadas, então o céu pareceria muito mais branco.

Funcionaria porque a única razão pela qual o céu é azul, em primeiro lugar, é porque as moléculas de ar são dispersas.

Tal dispersão é mais acentuada entre as moléculas de azul dado que têm comprimentos de onda mais curtos do que as vermelhas.

Ao colocar partículas de aerossol na atmosfera, porém, as vermelhos seriam espalhadas no máximo, lavando o azul e tornando o céu mais branco.

Kravitz afirma que um céu mais branco pode ter um efeito sobre as atitudes das pessoas em relação as mudanças climáticas.

Os visitantes em Pequim para os Jogos Olímpicos de 2008, por exemplo, estavam perturbados pela nebulosidade interminável causada ​​pela galopante poluição.

Kravitz afirma que as pessoas no campo observariam o efeito mais grave, embora o mesmo estaria visível a partir de qualquer lugar do mundo.

Diz: "Tudo o que você tem que fazer para vê-lo é dar um passo fora".

Outros efeitos em cadeia seria um aumento no crescimento das árvores e das plantas, porque estariam a receber mais luz solar indirecta.

Mas o sector da energia solar sofreria dado que haveria menos luz solar directa para os painéis solares, talvez forçando o homem a confiar ainda mais nos combustíveis fósseis.

Enfim, como previsão não parece das melhores.

Por enquanto o Daily Mail admite este cenário como hipotético: nada de chemtrails na actualidade.

Todavia é interessante que o assunto seja tratado, pois temos aqui dois pontos-chave que costumam aparecer com uma certa frequência:

o aquecimento global é uma realidade incontestável (e isso apesar dos últimos dados que apresentam uma "misteriosa" desaceleração do fenómeno)

eventuais chemtrails seriam para o nosso bem (é sempre para o nosso bem...).

Como afirmado: ao Leitor a resposta.

Pessoalmente tenho muitas dúvidas acerca da realidade deste fenómeno, mas é verdade que nunca me interessei de forma séria e bem posso estar errado. Se alguém entre os Leitores tiver material interessante (não vídeos ou fotografias, obrigado) e quisesse partilhar, desde já o meu agradecimento.

Ipse dixit.

Fontes: Daily Mail , Informação Incorrecta

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato