background img

Copa do Mundo e Jogos Olímpicos são desculpas para militarizar o Brasil

PackBot 510.(Screenshot from YouTube user irobot)

Posted at: 11:43, May 20, 2013 By Luis Miranda

 Robôs americanos e drones israelenses serão usados durante a Copa de 2014 no Brasil para completar “um dos eventos esportivos mais seguros”

Brasil adicionou 30 robôs militares dos Estados Unidos, drones israelenses e óculos estilo ‘Robocop’ com câmeras de reconhecimento facial para o seu arsenal depois que o país destinou US $ 900 milhões para fazer a Copa de 2014.

Os 30 Packbot 510, que normalmente custam entre US $ 100.000 e $ 200.000 cada, chegarão ao Brasil como parte do acordo de 7,2 milhões de dólares que o país assinou com a empresa americana iRobot Tecnologia Avançada. Os contratos incluem serviços, peças de reposição e equipamentos associados.

“IRobot continua a sua expansão internacional, e o Brasil representa um mercado importante para os veículos terrestres não tripulados da empresa,” disse Frank Wilson, vice-presidente sênior da iRobot. “IRobot quer ser o fornecedor de tecnologias avançadas para o Brasil enquanto o país se prepara para vários eventos internacionais de alto nível, incluindo a Copa do Mundo de 2014″.

O primeiro teste real para os PackBots será a visita do papa Francisco ao Brasil em julho deste ano, e depois serão usados na Copa Confederacoes, Copa do Mundo e Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

Os PackBots são equipados com câmeras e são operados remotamente, a fim de detectar e examinar objetos suspeitos ou explorar ambientes perigosos, mantendo seus operadores seguros.

Os aparelhos pesam cerca de 27 kg e contam com controles de mão no estilo dos videogames, o que os tornam mais familiar para os usuários.

Mais de 2.000 desses robôs militares estão sendo usados atualmente no Iraque e no Afeganistão. Eles foram os primeiros a entrar na usina nuclear de Fukushima, danificada após o terremoto e o tsunami de 2011.

Brasil está gastando US $ 900 milhões para reforçar suas forças de segurança, incluindo equipamentos de vigilância de alta tecnologia e helicópteros antes de iniciar eventos internacionais comoa Copa do Mundo de 2014.

Um policial militar brasileiro usando a tecnologia de reconhecimento facial. (Polícia Militar de São Paulo)

A Polícia do país estará equipada com óculos de câmera de reconhecimento facial que podem capturar 400 imagens faciais por segundo para armazená-las em um banco de dados central de até 13 milhões de rostos.

O Brasil também gastou US $ 25 milhões em quatro drones de fabricação israelense, que são esperados para fazer sua estréia na Copa das Confederações em junho.

Haverá também uma abundância de mão de obra envolvida na operação de segurança como o plano de organização da Copa do Mundo que tem previsto ocupar entre 3.000 e 5.000 soldados das Forças Armadas brasileiras, em cada uma das 12 cidades-sede durante o evento.

Hermes 450 drone.(AFP Photo / Elbit Systems)

“Qualquer sociedade que troque a sua liberdade para ganhar um pouco de segurança não merece nenhuma, e perderá ambas.” — Benjamin Franklin

Fonte:
Real Agenda

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato