A vida de aleister crowley Parte 2

Iremos ver aqui neste post a vida de Aleister Crowley.
Por meio deste post iremos enternder como os nossos dias são afetados pelas filosofias deste homem,intitulado A besta.

Artigos relacionados:  A vida de Aleister Crowley - parte 1

Parte 2: A contatação de aiwass ( ler-se Oís).

Mais tarde, durante a sua estadia no Egito, Crowley e Rose participaram de um ritual mágico, durante o qual ele alega ter recebido uma mensagem de uma entidade chamada Aiwass. Como resultado desta comunicação, Crowley escreveu os três primeiros capítulos do Livro da Lei - um texto místico que, acreditava ele, iria revolucionar o futuro da humanidade.

"É anunciado o advento de um novo eon em que Crowley torna-se o sacerdote-príncipe de uma nova religião, a Era de Hórus. Ele formulou um elo entre a humanidade e a "força solar-espiritual, durante o qual o deus Hórus irá presidir durante os próximos dois mil anos sobre a evolução da consciência neste planeta. (...)

A mensagem de Aiwaz, a quem Crowley entende-se por seu próprio anjo da guarda, o convenceu de que sua missão na vida era dar o golpe de misericórdia para a Era de Osiris com seu apêndice moribundo, a fé cristã, e construir sobre as ruínas de uma nova religião baseada na lei do Thelema - palavra grega para "vontade" ". - Peter Tompkins, The Magic of Obelisks

"Had! A manifestação de Nuit.
O desvelamento da companhia do céu.
Todo homem e toda mulher é uma estrela.
Todo número é infinito; não há diferença.
Ajuda-me, ó guerreiro senhor de Tebas, em meu desvelamento perante as Crianças dos homens!"
- As linhas de abertura do Livro da Lei

"Por seus adeptos, o Livro da Lei, era descrito como contendo fórmulas ocultas de alcance cósmico", alguns expressaram abertamente, algumas deixaram veladamente na web , em complexas de cifras cabalísticas sempre tecidas em um único texto. "Também não era apenas um pedaço de "escrita automática", disse Crowley, mas uma mensagem clara de um poder sobre-humano de inteligência e conhecimento, transcendental , de origem extraterrestre, "um dos verdadeiros mestres ocultos que iria se manifestar posteriormente a ele".

A lei de thelema.

De acordo os protegidos de Crowley, Kenneth Grant, qualquer um que possua a capacidade de compreensão da linguagem do simbolismo "será escalonado com a precisão do resumo do espírito do eon". Em outras palavras, da mesma forma que a Bíblia governou sobre a civilização ocidental durante os últimos dois milênios, a Thelema descreveria o espírito dos próximos dois mil anos.

"No Aeon de Hórus a abordagem dualista para a religião vai ser transcendida através da abolição da noção de presente de um Deus externo a si mesmo. Os dois serão unidos. "O homem deixará de adorar a Deus como um fator externo, como no paganismo, ou como um estado interno de consciência, como no cristianismo, mas vai perceber sua identidade com Deus." O novo Éon de Hórus, com base na união do masculino e polaridades do sexo feminino, vai envolver o uso mágico de sêmen e ecstasy, culminando em uma apoteose da matéria - "na realização da noção gnóstica antiga que a matéria não é dual, mas um com o espírito" - simbolizada pelo andrógino Baphomet dos Templários e dos Illuminati". – Idem

O Livro da Lei se tornaram a base de Thelema, que gira em torno de três principais idéias filosóficas:

1 - Faça o que tu queres há de ser tudo da lei;

2 - O amor é a lei, amor sob vontade;

3 - Todo homem e toda mulher é uma estrela.

Acredita-se que o ditado "Faça o que tu queres" significa "fazer o que quiser", portanto, descrevendo uma busca egoísta de gratificação instantânea e prazer. No entanto, iniciados da filosofia em desacordo com esta descrição do axioma como eles acreditam que se destina a ser interpretado em um nível metafísico. Thelema é a palavra grega para "A Vontade". O principal objetivo desta filosofia é a realização de uma Verdadeira Vontade, que é descrito como um "chamado superior" ou propósito na vida, independentemente de barreiras éticas ou morais.

"Não há "padrões de direito". Ética é bobagem. Cada estrela deve ir em sua própria órbita. Para o inferno com o "princípio moral", não há tal coisa ". - Aleister Crowley, The Old and New Commentaries to Liber AL

Crowley incorporou esses ensinamentos em sua recém-fundada A. '. A. '. (Argenteum Astrum ou a Estrela de Prata), uma ordem mágica para ser uma sucessora da extinta Ordem Hermética da Golden Dawn. Para gerar interesse em sua ordem, Crowley também publicou The Equinox - Revista do Iluminismo Científico (um termo emprestado da Ordem de Adam Weishaupt, os Illuminati), onde divulgou rituais esotéricos e técnicas. Seu trabalho posterior, O Livro das Mentiras capturou a atenção do chefe da Ordo Templi Orienti (OTO) Theodor Reuss, que logo fez dele um iniciado e Grão-Mestre da OTO. A razão dada para tal reconhecimento: o seu conhecimento da magia sexual.

Não perca a Parte 3 : A O.T.O. e a Magia Sexual

Fonte:
Lado Oculto Nova Ordem Mundial

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato