background img

H7N9: Uma Nova Gripe, Uma Nova Vacina... e Novos Lucros

Parece que a elite eugenista pretende voltar com a farsa da gripe aviária (desta vez H7N9), e assim, fazer as indústria farmacêuticas lucrarem de forma exorbitante...

O Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos afirmou nesta quinta-feira estar monitorando uma nova cepa de gripe aviária e que começou a desenvolver uma vacina para o caso de necessidade.

Até agora, a cepa conhecida como influenza aviária A (H7N9) está presente apenas na China e não há registros de transmissão entre seres humanos.

Essa gripe já matou cinco pessoas e autoridades sanitárias globais estão discutindo se é o caso de iniciar uma produção massificada de vacinas.

O CDC disse em seu site que acompanha a situação atentamente e está em coordenação com parceiros domésticos e internacionais. O porta-voz Tom Skinner declarou que a agência está analisando a sequência genética da cepa e já iniciou o desenvolvimento de uma vacina a partir de genes sintéticos.

A Nova (Velha) Farsa: Já é Admitido que "Nova" Gripe Aviária Pode se ESPALHAR Entre os Seres Humanos

Vamos acompanhar o desenrolar de mais esta farsa!
A loucura de novo vai começar!
Não será surpresa se a mídia voltar a repetir: "Pandemia... pandemia... pandemia..."
Quanto mais uma mentira é repetida, mas ela é tida com verdade...

E o pior que além de tudo isso ser encenado para que os laboratórios possam lucrar com a fabricação de vacina (que já começou a ser desenvolvida), estas vacinas são altamente nocivas à saúde humana... feitas realmente para matar, como na época da gripe H1N1...
Confira:

Uma pessoa que tinha estado em contato com um paciente que morreu de H7N9 foi colocado em quarentena com sintomas de gripe, relatórios Xinhua.

A pessoa teve contato com um dos cinco pacientes que morreram de gripe aviária.
Se essa pessoa, que vive em Changhai, tem o vírus H7N9, que poderia ser o caso 15 na China. Ele é o primeiro dos 400 contatos próximos que a OMS está monitorando mostram sinais de infecção.

Estudo confirma casos de resistência ao Tamiflu em pacientes com H7N9

Num estudo publicado terça-feira na revista médica The Lancet, uma equipa de virologistas chineses revela que, em três casos confirmados de infecção humana pelo vírus da gripe das aves H7N9, antivirais habitualmente utilizados para tratar os doentes com gripe não funcionaram.

Yang Zhenghong, da Universidade de Fudan, em Xangai (China), e colegas estudaram 14 doentes que foram hospitalizados em naquela cidade no passado mês de Abril. E constataram que, em três doentes gravemente afectados, o Tamiflu não conseguira reduzir a carga viral. O Tamiflu é actualmente o único medicamento disponível contra o vírus H7N9.

Seguiu-se uma análise genética aos vírus desses doentes – dois dos quais entretanto morreram, enquanto o terceiro se encontra ligado a uma máquina de assistência respiratória. E efectivamente, os cientistas detectaram aí uma mutação característica da resistência aos antivirais.

“A aparente facilidade com que a resistência aos antivirais emergiu no vírus H7N9 é preocupante”, escrevem os investigadores.

Os cientistas fazem ainda notar que a resistência se verificou em doentes que tinham sido tratados com corticosteróides, de acção anti-inflamatória.

Referências:
Publico , Uol , Forum Anti Nova Ordem Mundial

Fontes:
BusinessInsider.com , HorizonteNew

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato