background img

Tribunal holandês decide que é ilegal proibir uma associação de pedófilos

(02-04-2013) A organização Martijn, que defende as relações sexuais consentidas entre crianças e adultos foi dissolvida por uma ordem judicial prévia de junho passado, mas o tribunal holandês de apelação anulou esta sentença. «O trabalho da associação é contrário à ordem pública, mas não existe uma ameaça de desintegração da sociedade», ditou o Tribunal de Apelação de Arnhem, Leeuwarden (norte) e assim é informado num comunicado.

Em reivindicação da liberdade de expressão, o presidente da associação Martijn Uittenbogaard havia apelado da proibição e a dissolução da associação, publicada em junho pelo tribunal em Assen.

Fundada em 1982, a associação Martijn, cujo escritório central estava no distrito judicial de Arnhem, Leeuwarden, argumenta a favor da aceitação das relações sexuais consentidas entre adultos e crianças, mas assegura estar firmemente contra de qualquer forma de abuso sexual.

O Tribunal de Apelações sustentou que os antecedentes penais de alguns membros de abuso sexual poderiam estar relacionados com a associação, mas que nunca tinham cometido um crime. «O texto e as imágens publicadas no site de Martijn são legais e nunca deram conselhos para ter relações sexuais com as crianças», disse o tribunal.

A associação, porém, contraria a certos princípios da lei holandesa, acrescentaram os juízes, porque «trivializa os perigos do contato sexual com crianças pequenas, fala bem destes contatos». O presidente da associação, reagindo em sua conta de Twitter, escreveu: «Ainda há juízes sábios, por sorte».

Em 21 de novembro de 2011, o Tribunal Penal de Leeuwarden (norte) se negou a perseguir a associação. Não obstante, o ex-presidente da associação, Ad van den Berg, foi condenado em 18 de outubro de 2011 em Haarlem (oeste) a três anos de prisão, seis meses suspendida, por posse de fotografias, filmes e revistas de pornografia infantil.

Comentário do blog Caminho alternativo:

O processo de normalização da pedofilía segue os mesmos passos que a o movimento gay para homossexualização da sociedade (Holanda foi o primeiro país onde foram aprovadas as uniões de homossexuais). Eu avisei! Se trata de uma agenda, colocada em prática com muita paciência, financiamento, apoio político e acadêmico.

Repare que foi justamente na Holanda onde surgiu a proposta de criação de material pornográfico infantil para “aliviar os pedófilos”.

Vale lembrar que em 24 de Junho de 2013 será comemorado mais um “Dia do Orgulho Pedófilo“.


Fontes:
Abc.es, Caminho alternativo, Rafapal

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato