background img

Após queda nas vendas, McDonalds lança campanha para mostrar de onde vêm os ingredientes, mas não mostra


Mentem muito sobre tudo isso

O mês de janeiro não foi bom para a rede de lanchonetes McDonalds. Surpreendendo até os mais pessimistas dos especialistas econômicos, a rede registrou queda nas vendas de até 9,5% em algumas regiões do mundo, segundo matéria da Revista Exame (veja aqui).

Em contrapartida, o McDonalds entrou com uma campanha maciça em toda a América Latina convidando os clientes a conhecerem de onde vêm os ingredientes dos lanches, a fim de mostrar que, ao contrário do que se diz por aí, eles só usam ingredientes de primeira qualidade.

“Quer saber de onde vem a carne de nossos hambúrgueres?”

Quando o McDonalds convida “Quer saber de onde vem a carne de nossos hambúrgueres?”, não se pode esperar outra coisa senão mentira. Aliás, meia verdade. O filme, que é quase um clipe poético, mostra uma fazenda no interior de São Paulo com 1.500 animais destinados à corte. Em meio às imagens bucólicas e música relaxante, a palavra “corte” passa quase despercebida (Vide video). Sabendo que viriam muitas críticas, o McDonalds publicou o vídeo no Youtube mas deixou comentários e avaliações desabilitados.





McDonald’s novamente envolvido em escândalo de crueldade com animais na América Latina

Não ignore os assassinatos que acontecem exatamente embaixo do seu nariz


No começo do ano, a rede norte-americana McDonald’s lançou uma campanha audaciosa que pretendia mostrar de onde vem a carne dos hambúrgueres que eles vendem (relembre aqui). O alvo da campanha foi a América Latina. Nos filmes publicitários, atores apresentavam toda a cadeia produtiva da carne com imagens bucólicas e conteúdo leve e agradável – exatamente o oposto à realidade. O marketing do McDonald’s coletou depoimentos falsos de produtores e fez um belo trabalho de enganar o público.

A ONG “Elige Veganismo” (Escolha Veganismo), do Chile, resolveu ir atrás dos produtores que a campanha chilena do McDonald’s mostrava na TV. Como era de se esperar, os ativistas encontraram um cenário completamente diferente do sugerido nas propagandas.

Animais doentes, sujos, humilhados, espancados e sofrendo todo tipo de abuso são, na realidade, o principal ingrediente dos hambúrgueres do McDonald’s. Com câmeras escondidas, os investigadores conseguiram entrevistas impressionantes sobre os processos das fazendas que fornecem carne à rede de lanchonetes.

Intitulada de “Más allá de la hamburguesa” (Além do hambúrguer), a investigação da ONG faz uma referência à campanha do McDonald’s que, no Brasil, saiu com o nome de “Além da cozinha”.

O publicidade da campanha no Chile cita duas fazendas produtoras como parceiras no fornecimento de carne: “Rinconada” e “San Ricardo”. Com câmeras escondidas, os ativistas entrevistaram funcionários das duas fazendas que garantiram que não fornecem para o McDonald’s e que apenas permitiram que a rede gravasse a campanha em suas terras. A filha do dono de uma das fazendas, inclusive, disse que a carne de hambúrgueres vem de vacas doentes, compradas a preço baixo em leilões do setor e também de bezerros que não estão se desenvolvendo como o esperado ou que são descartados da indústria do leite.

No site da denúncia (www.masalladelahamburguesa.com), os ativistas alegam que não esperavam que o McDonald’s mentisse até nisso. Intrigados, chegaram ao único matadouro autorizado a fornecer carne à rede dentro do Chile, o matadouro Mafrisur.

Após dias de espionagem, a ONG Elige Veganismo coletou material suficiente para fazer um pequeno documentário, que você assiste abaixo. Os ativistas registraram a chegada das vacas doentes, vindas de fazendas leiteiras, e de bezerros assustados. Tratados como lixo dentro do Mafrisur, os animais apanham na cara o tempo todo, são chutados, espetados e humilhados de todos os jeitos para que andem em direção à sua morte.



Como não colaborar mais com isso

Quando você compra carne, laticínios (queijo, iogurtes, leite e outros derivados), ovos e qualquer outro produto de origem animal, está colocando seu dinheiro em uma indústria suja que vê os animais como números e os explora até a última gota de sangue. Acesse o site www.sejavegano.com.br e veja os primeiros passos para adotar um estilo de vida livre de crueldade. No link, receitas, dicas e muita informação.

O Vista-se parabeniza o bom trabalho e coragem dos ativistas da ONG Elige Veganismo.



Fonte:
Vista-se

3 comentários: Leave Your Comments

  1. nossa! meus parabens ao site nos dias de noé ,ta mandando bem zaço !

    ResponderExcluir
  2. Nós sabemos de quem é essa empresa... inclusive há uma mensagem subliminar no filme sombras da noite em que diz que o M vem do nome Mephistóles.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post.
    Essa porcaria de mc donalds deveria ser riscada do mapa.
    Faz muitos anos que eu e minha família não passamos nem
    em frente a um lixo desses.
    Cambada de gente ordinária, suja e assassina.
    Antes que algum bestalhão fale alguma coisa, somos todos
    vegetarianos.
    Blog sensacional.
    Abraços a todos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato