background img

Série:Perigos em Desenhos Animados - Parte 1

Será que meus filhos estão seguros dentro de casa?

As mídias eletrônicas são hoje uma das maiores formas de entretenimento familiar. A maioria dos lares hoje possui pelo menos uma televisão, aparelho esse que faz parte do conforto básico de uma família, junto com outras tecnologias modernas como a internet e o aparelho celular.

Seja na sala, quarto, cozinha ou qualquer outro cômodo, a TV é uma peça fundamental nos lares em todo o mundo. Entre a infinidade de programas que podem ser assistidos, existe um que tem se difundido de forma mais abrangente e que é direcionado para o público mais vulnerável, os desenhos animados.

Pesquisas mostram que os desenhos animados deixaram de ser um simples programa para divertimento das crianças e passaram a assumir o papel de uma babá eletrônica. Muitos pais encontraram nos desenhos uma forma de manterem seus filhos “calmos”.

Entretanto, será que os pais estão tendo o devido cuidado e conhecimento a respeito daquilo que seus filhos estão assistindo? E ainda mais importante, será que o que eles estão assistindo está de acordo com os desígnios de Deus?

Os pais são os responsáveis pela educação de seus filhos e, portanto precisam saber cada passo que seus filhos estão dando, mesmo que seja um aparentemente inofensivo desenho animado. A bíblia alerta:
“Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele.” Provérbios 22.12.
É papel dos pais saberem o que se passa na vida de seus filhos e se informarem a respeito dos riscos que o cercam. Riscos esses tanto morais como espirituais. Isso nos leva a uma pergunta. O que os pais cristãos devem fazer a respeito dos desenhos animados? Para responder devemos consultar o manual que determina como deve ser a vida cristã, a Bíblia. Ela nos mostra:
“Examinai tudo. Retendo o bem. Abstende-vos de toda a aparência do mal. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espirito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.” I Tessalonicenses 5.21-23.
Seguindo esse conselho bíblico iremos examinar o conteúdo dos desenhos animados mais conhecidos e que são continuamente transmitidos as crianças. Que essa leitura venha a edificar e ajudar os pais a compreenderem o mundo obscuro que de forma aparentemente inocente cerca seus filhos.

Para que essa leitura seja proveitosa recomendo a todos que tenham em mente que temer ao SENHOR é o passo fundamental para se viver uma vida abençoada, portanto por temer a Ele é que não podemos permitir que o mal entre em nossas casas por nossas próprias mãos.
“No temor do SENHOR há firme confiança e ele será um refúgio para seus filhos.” Provérbios 14.26
Caso 1 – O Pica-Pau

O Pica-Pau foi criado em 1940 pelo artista de storyboard Walt Lantz. Os desenhos do Pica-Pau foram transmitidos na televisão pela primeira vez em 1957, no programa The Woody Woodypecker Show.

É um dos desenhos mais famosos de todos os tempos, varias gerações cresceram assistindo Pica-Pau, atualmente continua sendo transmitido. Ganhou várias versões, filmes e jogos.

O personagem, Pica-Pau, é visto como um malandro encrenqueiro, que faz de tudo pra se dar bem em qualquer situação. É bastante malvado e perverso, quer sempre fazer as pessoas de bobas, procura atrapalhar a vida daqueles que tentam tirar seu sossego, tenta resolver tudo bicando várias vezes qualquer um que se meta no seu caminho e mente muito para enganar as pessoas. A mensagem que o Pica-Pau acaba passando para as crianças é que vale de tudo para se concluir seus objetivos, inclusive ser malvado, briguento e mentiroso.

O desenho passa a ter uma capacidade de manipulação a partir da captura, sedução e condicionamento, de tal forma que é considerado pela criança como uma necessidade fundamental. A criança tem nos desenhos animados a primeira fonte de respostas para perguntas do cotidiano. O desenho é, portanto, um formador de personalidade, já que sua mensagem é inserida na mente das crianças de forma constante. Com um enredo programado para violência, sexualidade, ocultismo e distorção dos ideais religiosos e familiares, podemos ver que tipo de informação está sendo transmitida para as crianças pelo Pica-Pau.

No caso especifico do Pica-Pau, existe um grande risco de ocorrer uma ideia distorcida sobre o mal, já que para poder se “dar bem” em tudo, o Pica-Pau não tem limites no que ele pode fazer. Dessa forma é comum em crianças que assistem constantemente o Pica-Pau atitudes de rebeldia, crueldade e comportamentos mórbidos.

O próprio Pica Pau revela quem ele é. Em um episódio chamado “O afanador de gasolina”, após aparecer uma placa perguntando: _Essa viagem é realmente necessária? Ele responde: _Claro que é necessária. Eu sou um diabo necessário!

Existe mais um episódio que aparece novamente a verdadeira face do Pica-Pau. No episódio “Construção demolidora”, enquanto o personagem Juca Martelo está conversando com seu supervisor, o Pica-Pau tem uma ideia e demonstra qual a natureza do pensamento dele mostrando sua verdadeira face.

Ainda podemos ver várias referências ao ocultismo, satanismo e feitiçaria. Em um episódio chamado “Seu Melhor Duende”, no qual o Pica-Pau acha um trevo de quatro folhas que se transforma em um duende. Esse duende verde promete ao Pica-Pau “satisfazer seus desejos”. Na medida em que o episodio transcorre cada pedido do Pica-Pau se transforma em um problema fazendo com que ele no final mande o duende para o inferno. Quando chega ao inferno o duende é recebido por um demônio segurando um tridente que diz a ele: _Finalmente conseguiu voltar a seu lar antigo!

Com a barreira que separa o mal do bem rompida o Pica-Pau é o epítome do anti-herói. Ao assistir o Pica-Pau a criança está acompanhando o dia-a-dia de uma figura que possui os ideais cristãos e de bom comportamento corrompidos.
“Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem mal! Que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade, e fazem do amargo doce, e do doce amargo!” Isaías 5.20



Fonte:
OcultGames

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato