background img

Empresa dos EUA oferece viagem à Lua por quase R$ 1,5 bilhão

Os maiores bilionários do mundo ganharam uma opção a mais de turismo. Uma empresa americana está oferecendo como destino a Lua.

O projeto apresentado por Alan Stern e Gerry Griffin supõe um investimento de sete a 8 000 milhões de dólares para criar a toda a infraestrutura necessária à concretização do turismo lunar, tudo num prazo estimado até 2020.

A própria Golden Spike assegurará grande parte do financiamento para desenvolver o projeto e já está a preparar a venda dos primeiros bilhetes (ida e volta) para as viagens a um preço que poderá rondar os 700 milhões de dólares (para cada duas pessoas). "Setecentos milhões", leu bem? ou (R$ 1,5 bilhãose preferir)

De acordo com o anunciado, cada expedição teria um mínimo de 36 horas de estadia na Lua (duração mais longa do que a soma das duas missões Apolo 11 e 12). O pacote oferecido inclui dois passeios em solo lunar, fornecimento de equipamento para realizar experiências e filmagens na paisagem lunar, autorização para recolher até 50 kg de solo local e até umas paragens na orbita terrestre.

A primeira expedição está pré-programada para 2019 ou 2020. Segundo a Golden Spike, dependendo da afluência de interessados (instituições, países ou até pessoas individuais), a frequência das ligações poderia ir de quatro a seis meses, entre cada saída para a lua.





Fontes:
G1 , Diario Digital

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato