background img

O CERN construirá outro colisor de hádrons para estudar a gravidade

Eu avisei em artigo anterior neste blog que a máfia sionista/Illuminati iria lançar um outro pretexto para construir outro colisor de hádrons maior e muito mais caro que o atual.

Clique na imagem  pra ampliar


Leia o artigo completo: Bóson de Higs e a Cultura Milenar Chinesa e Indiana

E aqui está a notícia confirmando o que foi citado:

O grupo que descobriu o bóson de Higgs tenta criar um colisor três vezes maior que o atual

O grupo de investigadores que comprovou uma alta probabilidade da existência do bóson de Higgs ou “partícula de Deus”, está disposto a ampliar os horizontes da ciência com um Grande Colisor de Hádrons (LHC) ainda maior.

Os cientistas propuseram criar um novo LHC três vezes maior que o atual, que custou uns 4.6 bilhões de dólares e está próximo a Genebra.

Se espera que a nova ferramenta científica possua 80 quilômetros de circunferência e substitua as instalações do atual LHC, enterrado a 150 sob a terra na fronteira franco-suiça, ou fique instalado num lugar completamente novo.

O grande desafio para este ‘colisor 2’ será investigar as misteriosas características da gravidade e sua natureza, para entender de que forma suas leis se cumprem tanto a nível de partículas subatômicas, como a nível planetário, de estrelas e de galáxias.

De qualquer forma, é pouco provável que o novo LHC seja construído antes do ano 2025, embora os investigadores não pareçam dispostos a esperar tanto como fez Higgs, que aguardou 68 anos até que sua teoria fosse quase comprovada.

A proposta será apresentada esta semana na reunião de um dos organismos do CERN.

Fontes:
http://caminhoalternativo.wordpress.com/2012/09/11/o-cern-construira-outro-colisor-de-hadrons-para-estudar-a-gravidade/

http://actualidad.rt.com/actualidad/view/53410-cern-construira-nuevo-gran-colisionador-hadrones-estudiar-gravedad 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato