background img

Lugo: Monsanto e golpistas comercializam a morte


O destituído presidente paraguaio, Fernando Lugo, afirmou nesta quarta-feira (19) que a multinacional estadunidense Monsanto e o governo golpista são "semeadores da morte".

Lugo discursou numa feira agroecológica apresentada por organizações camponesas e indígenas como parte da Semana da Semente, que tem como objetivo protestar contra a liberação da compra de sementes transgênicas para plantações de algodão e milho.

Em seu discurso o ex-mandatário disse que seu governo trabalhou por dois anos para recuperar a semente nativa usada nos mesmos cultivos com todo êxito, mas o golpe de Estado parlamentar trouxe a ofensiva das multinacionais, especialmente da Monsanto, para acabar com elas.
“Estão introduzindo massivamente as sementes transgênicas, prejudicando as plantações nativas paraguaias e pondo em risco a vida para favorecer o agronegócio”, destacou.
Ele lembrou que, na década dos anos 1990 as empresas e entidades estadunidenses promoveram uma campanha na Bolívia para que os indígenas não tivessem filhos e "semearam a morte no ventre de mulheres bolivianas e quem fazia isso eram semeadores da morte”.

Lugo chamou o povo para continuar resistindo contra os golpistas e as transacionais, pois “a tentativa de acabar com a democracia no Paraguai não vai sair barato”, afirmou.

Fontes:
http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=194197&id_secao=7 

http://burgos4patas.blogspot.com.br/2012/09/lugo-monsanto-e-golpistas-comercializam.html

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato