background img

CHEMTRAILS, MONSANTO E AS GALINHAS: UMA CANJA INDIGESTA

Mesmo que você não coma milho ou feijão, isso irá afetar a sua vida! Isso porque muitos grãos são usados como ração para muitos animais, como por exemplo o frango!

Já faz tempo que muitos blogs vêm denunciando os chemtrails, que contém, entre outras coisas, alumínio ... isso já era esperado ... Acho melhor todo mundo começar a plantar a sua própria comida, enquanto ainda encontramos sementes disponíveis . Vamos a notícia:

CHEMTRAILS, MONSANTO E AS GALINHAS: UMA CANJA INDIGESTA

São manchetes dos jornais Catarinenses e do Brasil. Lavouras inteiras perdidas. Estão morrendo devido à alteração do ph da terra que está intoxicada por alumínio e à falta de chuvas (manipulação do tempo). As quebras de safra estão virando lugar comum. Em 03/04/2012, o Portal Brasil Econômico informou que houve expansão na área plantada de milho e a safra deveria atingir 64,6 milhões de toneladas.

 Onde estão esses 64 milhões de toneladas? Não vingaram porque? As aves estão morrendo de fome. O alumínio torna o solo excessivamente ácido. Suas partículas tóxicas são eletricamente carregadas, chamadas de íons, tornam difícil o crescimento da grande maioria das plantas. Estudos recentes têm dado conta de que existe alumínio nas áreas agricultáveis do solo brasileiro em cerca de 10.000 ppm (parte por milhão). Isso é espantoso se consideramos que o normal é 1,0 ppm e que, as gramíneas, por exemplo, não conseguem tolerar mais do que isso.

O problema mais comum é o atrofiamento do crescimento das raízes, em pelo menos, 50%. Isso afeta todas as plantas em graus maiores ou menores. De onde veio esse alumínio todo? Do céu, é claro. Dos chemtrails. A pouca produção está sendo exportada para os EUA, onde as lavouras de milho e soja, entre outros, foram perdidas. Enquanto isso, os chemtrails estão aspergindo elementos químicos tóxicos nos céus brasileiros (e do mundo): Alumínio, Bário, Estrôncio, Arsênio, fungos e bactérias em estado de suspensão. Por sua vez, “estranhamente” a Monsanto desenvolveu nos últimos anos sementes transgênicas RESISTENTES AO ALUMÍNIO.

Porque será? E os agricultores com os quais tem contrato estão produzindo transgênicos a todo vapor. Toda a alimentação que não derive de OGM resistente ao alumínio esta em risco de variadas formas. Não será nenhuma surpresa se nos próximos dias a Monsanto anunciar publicamente A SALVAÇÃO MIRACULOSA PARA A FALTA DE MILHO, com genes resistentes ao alumínio.

Paralelamente com a criação de sementes patenteadas, tem acontecido a destruição sistemática de alternativas. 97% dos vegetais cultivados no início do século XX, estão agora extintos. Havia, por exemplo, cinco mil variedades de batata a nível mundial. Agora, apenas quatro são cultivadas. Desta maneira se abre caminho àquelas variedades que ainda estão por destruir através da doença ou manipulação genética. Na Irlanda do século XIX, apenas algumas variedades de batatas eram cultivadas e as consequências do ataque das pragas àquelas batatas resultou na morte de um milhão de pessoas, pela fome.


MAR CONTAMINADO

A intensa pulverização sobre os céus catarinenses também está causando efeitos catastróficos sobre a vida marinha. Golfinhos, tartarugas, baleias, pinguins, leões marinhos e outros animais tem aparecido mortos nas praias. Alguns biólogos estão responsabilizando os pescadores, dizendo que se trataria de enredamento. Entretanto, os animais não apresentaram nenhuma marca que pudesse fortalecer a hipótese. Assim, a mais viável é que a vida marinha está sofrendo diretamente os impactos do envenenamento da atmosfera. Além da amplitude da superfície oceânica, há o espalhamento da contaminação pelas correntes marítimas. Isso causa grande preocupação, pois desse modo, também os frutos do mar estariam impróprios para o consumo humano.

Uma cegueira pública inexplicável insiste em obstar a visão da grande maioria dos brasileiros. É tempo de perceber que, por trás desse genocídio planejado, com extermínio da vida selvagem e da flora, estão os interesses internacionais da corja que pretende instalar a malsinada Nova Ordem Mundial. O extermínio gradual das fontes alimentares naturais e o estreitamento de alternativas pela oferta de Organismos Geneticamente Modificados representam um dos mais fortes meios de controle da população mundial, item essencial da criminosa agenda Illuminati.

Um passo apenas para a obtenção do objetivo negro de reduzir a população mundial para apenas 500 milhões de pessoas* (leia sobre Pedras Guia da Georgia, ao final). Infiltrada também na América do Sul, a elite novaordiana governa por meio de grandes lobbies nas empresas multinacionais. Eles controlam o governo, a economia, as forças militares, a agricultura, as grandes associações, a área científica e laboratorial, entre outros pontos chaves de manipulação.

A Monsanto é um dos tentáculos desse polvo demoníaco. Bill Gates da Microsoft e a empresa IBM, também estão envolvidos (estranhamente, pois são do ramo da informática) em projetos obscuros de bioengenharia em plantas e animais. Todos, em consonância com o travestido Códex Alimentarius, visam minar a saúde da população, deixando-a sobre muletas mediante o enfraquecimento do sistema imunológico e consequente expansão das pandemias e mortes, enquanto a indústria bilionária da farmacologia (outro braço illuminati) se deleita cada vez mais em mega lucros.
[*Redução da População Mundial - veja em:

Fontes:
http://averdadenomundo.blogspot.com.br/2012/08/plantacoes-perdidas.html 

http://www.mirantesul.blogspot.com.br/2012/08/o-que-os-chemtrails-tem-ver-com-falta.html

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato