background img

Vacinas em aves levaram a vírus mais agressivo nesses animais, diz estudo

Vírus utilizados na vacinação de aves misturaram seus materiais genéticos e deram origem a um novo tipo de vírus, mais agressivo que já matou um grande número de galinhas na Austrália.

O alerta foi emitido por uma equipe de pesquisadores do país, que publicou um breve estudo com as conclusões na edição desta sexta-feira (13) da revista “Science”.

A vacina que levou aos efeitos adversos era contra o vírus do herpes. Ela foi feita com uma forma “atenuada” do vírus, que não é tão agressiva, mas que ainda consegue se replicar. Esse vírus, no entanto, entrou em contato com outros tipos de vírus, dando origem a um tipo que não existia.

O processo, na verdade, deu origem a dois novos subtipos de um vírus conhecido como ILTV. Existe uma vacina para o ILTV, mas ela não abrange os subtipos recém-criados. O resultado dessa mutação é uma epidemia com taxa de mortalidade de 17,6% das galinhas infectadas, o que já se torna um problema para os criadores australianos.

É a primeira vez que uma mutação como essa, de vírus atenuados, é registrada com a vacina do vírus do herpes. A novidade deve causar grande impacto para a veterinária, pois mostra a fragilidade de um tipo de vacina bastante usado, e problemas semelhantes podem, teoricamente, voltar a ocorrer em breve.

Fonte:
http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/07/vacinas-em-aves-levaram-virus-mais-agressivo-em-aves-diz-estudo.html

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato