background img

Surto de gripe aviária atinge granjas no México

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um surto de gripe aviária no oeste do México matou pelo menos 870.000 aves de capoeira desde a sua detecção no mês passado, mas não representa uma ameaça aos seres humanos, o Ministério da Agricultura nesta segunda-feira.

A gripe H7N3 foi detectada em dois municípios no estado de Jalisco, região do México com a maior criação de frangos, e as autoridades têm estado a trabalhar rapidamente para conter o surto, segundo declaração do ministério.

"Não há risco de infecção (em humanos), como resultado de aves consumindo", disse José Muñoz do Governo do Estado de Jalisco.

Não ficou claro quantos das 870.000 aves - apenas uma pequena fração do rebanho nacional - tinha contraído a gripe e como muitos tinham sido abatidos por fazendeiros para conter sua propagação,disse uma autoridade do ministério.

Inspetores de saúde mexicanos examinaram cerca de 150 granjas em Jalisco até sexta-feira e detectaram o vírus em 10.

"O vírus nunca esteve tão fora de controle. Ela foi localizada em dois lugares em Jalisco e até agora não há evidência de que é em qualquer outro lugar", disse o funcionário, que pediu para não ser identificado.

Como medida cautelar, as autoridades declararam uma emergência nacional de saúde animal, na segunda-feira para ajudar a prevenir a propagação da doença para outras partes do México ou mais. O ministério ordenou que as vacinas da Ásia e também está desenvolvendo seus próprios medicamentos a nível nacional para combater a gripe.

O estado de Jalisco produz cerca de 11 por cento da carne de aves do país e 50 por cento de seus ovos, de acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA).

México produz cerca de 3 milhões de toneladas (3,3 milhões de toneladas) de aves de capoeira a cada ano, mas consome a maior parte do que localmente, disse Sergio Chávez do sindicato nacional de criadores de aves.

O país também importa algumas peças de frango dos Estados Unidos. O USDA prevê 2012 as importações em cerca de 630.000 toneladas métricas.

As autoridades de saúde estão em alerta máximo para novos vírus no México, desde o início de 2009 do vírus H1N1, conhecida como "gripe suína" que fechou a capital durante vários dias, quando foi detectado em seres humanos.

Fonte:
http://2012umnovodespertar.blogspot.com.br/2012/07/mais-um-surto-de-gripe-aviaria-no.htm

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato