background img

Pandemia bio-terrorista em massa prevista para 2012?

(NaturalNews) O Departamento de Segurança Interna (DSI), está envolvido em uma história duvidosa ao usar a população Americana como um tubo de ensaio para todos os tipos de coisas loucas, eles estão planejando lançar o que alegam ser uma bactéria inofensiva no sistema de metrô de Boston este ano como maneira de testar sensores biológicos, e pelo menos algumas pessoas pensam que pode ser o início de uma pandemia de bio-terrorismo com implicações sinistras.

Em um relatório no início de maio, a CBS News / Boston, disse que as autoridades federais "estão testando os sensores no metrô,dizendo que é usado em suplementos alimentares, e que foi rigorosamente testado e não tem efeitos adversos à saúde em baixa exposição."

A variável desconhecida é, que tipo de efeito esta bactéria têm sobre as pessoas saudáveis ? ​​- elas vão ser capazes de lidar com isso? Será que vai torná-las doentes?

Segundo a CBS News, o teste será realizado em Cambridge e Somerville fora dos horários de pico. A DSI realizou uma audiência pública no dia 16 de maio na Cambridge, na Praça Central, para que o público faça perguntas referente ao "teste".

Mais tarde no  mesmo mês, o departamento de polícia em Boston elogiou o teste como visão do futuro e disse que era um pró-ativo, ao invés de medida reativa.

Teste para 'validar o desempenho de tecnologias'

A  própria DSI disse em um resumo de 28 páginas que o ensaio publicado em Janeiro e intitulado Avaliação Ambiental para Partículas Bacillus subtilis ao Desafio Bio sensores de detecção nas estações de metrô, é vital para ajudar a examinar o equipamento destinado a frustrar, ou pelo menos mitigar, uma ataque de armas biológicas.

"O  setor de ciência e tecnologia vem desenvolvendo tecnologias e sensores necessários para detectar rapidamente um potencial ataque biológico em infra-estrutura do transporte da nação, a fim de minimizar a exposição pública e o reforçando a segurança", diz um resumo do documento. "Para validar o desempenho das tecnologias, é necessário realizar testes de campo em um ambiente do mundo real."

O resumo passou a dizer que sistemas de metrô estavam sendo escolhidos para o teste, pois eles "fornecem uma das configurações mais difíceis e duras na qual os sensores deste tipo poderão ser expostos no mundo real, devido aos extremos de temperatura e umidade que muitas vezes caracterizam estes tipos de ambientes fechados. "

"A fim de compreender as verdadeiras capacidades de detecção das redes de sensores biológicos, testes de provocação com um material deve ser realizado", disse o resumo.

O governo tem uma história deste tipo de teste. Em 1977, a informação divulgada foi que o Pentágono havia lançado numerosos  germes secretos em algumas cidades dos EUA - tudo sem o conhecimento do público - em um esforço para testar ameaças representadas por agentes biológicos (soa familiar?).

História de testes - e infecões
Leonard A. Cole, escreveu em Washington Monthly, em 1985, na qual relata "pode ​​ter causados surtos de doenças ocorridas em algumas das áreas de teste."

Estes "ataques" incluiu o teste realizado pelo Exército dos EUA em meados dos anos 1960, na qual a guerra do Vietnã estava começando, os viajantes no Aeroporto Nacional de Washington, foram pulverizados com uma névoa de bactérias  sem o devido conhecimento.

Outros testes incluiu a colocação de globigii Bacillus em lâmpadas que foram abandonadas nos sistemas de metrô em Nova York e Chicago por cientistas do governo. Quando as pessoas começaram a ficar doentes, os testes foram descartados porque o Tio Sam não manteve o controle dos efeitos causados ​​pela substância.

Mas alguns vêem uma ligação mais perturbador para a atual rodada de testes. Citando um aumento no bio-terrorismo, desde que o presidente Obama tomou posse em 2008 -  alguns acreditam que o governo está condicionando os cidadãos e socorristas para um grande ataque, na qual acreditam que está vindo do próprio governo.

Perigoso e duvidoso, sim - mas sinistro?
"O objetivo geral da propaganda bio-terrorista é convencer a América e o mundo de que estamos à beira de uma pandemia induzida ao bio-terror", escreve um blogger do site TrutherNews. "A propaganda Bio-terror está em uma elevação de todos os tempos e confirma que um ataque bio-terrorista está próximo e pode ser jogado em um último esforço para recuperar o controle político, econômico e militar da sociedade.

Embora isso possa ser um pouco paranóico, não há dúvida de que o governo tem conduzido testes de armas biológicas por décadas, e tem a intenção de prorrogá-los, com base no que o DSI tem planejado para o metrô de Boston.

"Desde a década de 1940, os militares e a CIA têm realizado inúmeros 'testes' no povo americano, incluindo o lançamento de testes do mosquitos da dengue em Geórgia e Flórida, guerra biológica contra a população civil em Porto Rico, o lançamento do bacilo globigii a partir de um submarino no porto de Oahu, no Havaí, e dezenas de outros incidentes, a maioria deles classificados ", escreve Paul Joseph Watson em InfoWars.com.

Se existe algum trama globalista perturbador para matar dezenas de milhões de norte-americanos no final deste ano, é uma questão para discussão. Mas a história do governo de usar a sua própria população como um teste para os seus próprios dispositivos é uma questão de registro público. Um registro crescente da opinião pública. E um dia, provavelmente por acidente, é perfeitamente possível que o governo poderá exagerar na mão, cumprindo as previsões do juízo final.


Ative a opção CC para ver  a legenda



Texto traduzido do Inglês

Fonte:
http://www.naturalnews.com/036061_DHS_biowarfare_pandemic.html

Fontes para este artigo incluem:

http://www.pakalertpress.com

http://www.pakalertpress.com

http://www.infowars.com

http://boston.cbslocal.com

http://www.dhs.gov/xlibrary/assets/st/st_dea_detect_to_protect.pdf



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato