background img

Não preciso ir a igreja...

O principal sofisma e dogma, e crendices dos evangélicos bem como dos demais seguimentos religiosos estão em dar grande importância ao lugar que se reúnem e que erroneamente chamam este lugar de “igreja”, e, as insinuâncias (malignas) de que se deve seguir sempre tudo o que falam pastores (ou padres, ou bispos, ou após“tolos”), por que estes homens religiosos querem ser mais importantes que Cristo.

Contudo, o evangelho é simples, objetivo, sintomático, categórico, e verdadeiro, por que somente “ir a igreja” não faz de você um seguidor de Cristo e assim exorta Deus: “Maldito o homem que confia no homem”.

Os evangélicos e demais seguimentos religiosos subestimam o ensinamento de Deus (bíblico) e colocam suas esperanças não em Cristo, nosso Senhor e Salvador, mas, nas crendices e fantasias que homens religiosos (pastores, bispos, padres, após) estão manipulando através da igreja instituição.

Igreja instituição

1 instituições religiosas com nome ou placa de “igreja”;

2 “igrejas evangélicas”, denominações, no caso dos evangélicos;

3 “igreja romana” no caso dos católicos;

4 sistema religioso, organizações religiosas;

5 religiões (espíritas, adventistas, testemunhas, e blá,blá,blá).


Não faço insinuações de que seja errado se reunir em um local fixo, quero, contudo, expor que para se viver em comunhão [Salmos 133.1] e se reunir para adorar a Deus com outros irmãos crentes não é necessário um local ou lugar específico (com placa ou nome de “igreja”) e que este local ou lugar não tem importãncia em si, por que, a importãncia está é na reunião em nome de Cristo [Mateus 18.20] e de pessoas que creem em Deus, que O adorem em espírito e em verdade [João 4.23].

A Igreja de Deus (de Cristo)é formada por seguidores de Jesus [Efésios 2] que se unem (em qualquer local ou lugar) na comunhão e ensinamentos do próprio Senhor Jesus; a igreja instituição que hoje existe, tem pouco ou quase nada a haver com a de Cristo, falam dEle mas não praticam Suas obras.

Assim, encontramos milhares afirmando que nós “desigrejados”, por não professar nossa dependencia e frequencia a uma igreja instituição e, por conseguinte, não possuirmos um cabresto de um pastor qualquer, somos tão somente desviados, ou rebeldes, ou insubordinados...

Porquanto, compartilho que jamais há¡ respaldo bíblico para que sejamos frequentadores de uma igreja institução, mesmo por que, somos (se perseverantes na sã doutrina bí­blica), os que professam o nome do Cordeiro sobre a face da terra, a Igreja de Deus (de Cristo), a “universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus” pelo que é descrito através do contexto de Hebreus 12;

Por isso que a Palavra de Deus (contida na Bí­blia) testifica, afirma que a Igreja de Deus (de Cristo) são pessoas pelo contexto de Efésios 2 e não lugares ou locais com nome ou placa de “igreja”; o termo ou palavra “igreja” (Ekklesia) em nenhum momento se refere a um edifício ou templo, porque na Palavra de Deus contida na Bí­blia não diz que a “igreja” é um lugar ou local...

... é neste sentido que os religiosos (pastores, bispos, padres, após“tolos”) querem suplantar, esconder dos fieis que o termo “igreja” (Ekklesia) significa simplesmente assembléia ou a reunião de pessoas, pois que, Cristo edificou a Sua Igreja para fazer dos que O professam como Senhor e Salvador templos do Espírito Santo [1Corí­ntios 3.16; 6.20]; Cristo não fundou o tal cristianismo como conhecemos, pois, este cristianismo é a religião inventada por homens em Roma e legalizada pelo imperador Constantino no século IV depois de Cristo.

Portanto...

Graças a Deus, ninguém precisa ‘ir’ a Igreja...

Graças a Deus, nenhum ‘local ou lugar’ é a Igreja...

Graças a Deus, ninguém precisa ‘sustentar’ a Igreja...

Graças a Deus, não há ‘templos’ de Igreja...

Graças a Deus, somos a Igreja, templos do Espírito Santo!

Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses da Igreja que Cristo edificou.

Fonte:
http://julearauju.blogspot.com.br/2012/06/nao-preciso-ir-igreja.html

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato