background img

Como podemos identificar um "cão" guloso?

Isaías 56:11 E estes cães são gulosos, nunca se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, todos sem exceção.

Você já pensou como seria um rebanho guardado por cães? Um cão ladra, rosna, ataca, coloca o rebanho em desespero. Um cão não tem uma direção a oferecer às ovelhas e o seu cuidadenão vai além do colocá-las sob temor contí­nuo. Nesse sentido, todos aqueles que mal-pastoreiam um rebanho são "cães".

A idéia de um cão pastoreando o rebanho contrapõe-se veementemente contra a concepcão bíblica do bom Pastor; "O bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas" (João 10:11). Jesus é o bom Pastor que deu a vida por suas ovelhas e em que devemos nos espelhar.

Porém, como age o cão-pastor? "Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário, e não tem cuidado das ovelhas" (João 10:12-13).

Em Filipenses, o apóstolo Paulo nos adverte: "Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus obreiros... Porque muitos há dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, cujo fim é a perdicão; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas" (v. 3:2 e 18-19).

Como podemos identificar um "cão"? Eis aqui algumas das suas caracterí­sticas:

1. Ele não se preocupa com o alimento das ovelhas, oferece sempre "alimentos que de nada aproveitaram aos que a eles se entregaram" (cf. Hb 13:9), que são as "doutrinas várias e estranhas".

2. Gosta de bajular para obter confiança: "...e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples" (v. Rm 16:18b).

3.É mercenário; ou seja, preocupa-se mais com o lucro, com o seu salário (Jo 10:12-13).

4. Serve apenas ao seu próprio ventre, não ao Senhor Jesus: "Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre..." (Rm 16:18a).

5. Não é vigilante, ou melhor: não toca a trombeta (v. Ez 33:6).

6. Não está "apto para ensinar" (cf. 1Tm 3:2) e nem governa bem sequer a sua casa – "Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?" (1Tm 3:5).

Enfim, um "cão" é cobiçoso de torpe ganâcia, imoderado, contencioso, ensoberbecido, avarento, de mau testemunho; gosta de dividir, de se impor, de acuar o rebanho; sempre busca a sua satisfação pessoal e faz um verdadeiro show para distrair os "bodes".

Em apocalipse 22:15 o Senhor diz: "Ficarão de fora os cães...". Zelar pelo rebanho de Cristo é um ofício de extrema responsabilidade. Por isso o pastor não pode afrouxar na doutrina e nem permitir que o povo siga a "doutrina de Balaão". E nós, ovelhas, devemos estar sempre atentos à placa de advertência [que diz]: CUIDADO, CÃES!!!

Texto anteriormente publicado na Revista Sã Doutrina

Fonte:
http://julearauju.blogspot.com.br/2012/06/cuidadocaes.html

4 comentários: Leave Your Comments

  1. A Palavra diz claramente: "Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra" (Col. 3:2), mas estes dissentem de palavra e por obras, com efeito, procuram de todas as maneiras tornarem-se ricos e famosos aos olhos do mundo.

    ResponderExcluir
  2. Eu creio...que se também nós nos conformarmos ao curso deste mundo cessaremos de iluminar as trevas e elas não poderão ver em nós um povo que caminha à luz do Cristo de Deus.
    Eu fico muito triste em saber que muitos ainda dormem...mas eu creio também que existe muitos acordando pra verdade que esta sendo revelada a todo nós.

    Deus te abençoe

    ResponderExcluir
  3. Dido que muitos estão acordando porque eu dormi por muitos anos dando dinheiro a estes ladrões enganadores.
    E Louvo a Deus por ele ter tido misericórdia de mim e ter tirado as escamas de meus olhos.

    ResponderExcluir
  4. Eis o testemunho que Jesus deu do anjo da igreja de Laodicéia: "Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca. Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu" (Ap. 3:15-17)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato