background img

Neymar, Jesus, os crentes e o amor ao mundo

Ontem o Santos se sagrou tri-campeão paulista.

Na comemoração, Neymar um dos principais jogadores da Vila, colocou uma bandana na testa com os dizeres "100% Jesus". 

Pois é, logo depois da comemoração no campo o famoso jogador seguiu em direção a uma conhecida casa de shows. A folia, segundo o UOL, aconteceu em uma boate com lista fechada no centro da cidade de Santos. Segundo relato das convidadas, que costumavam sair para fumar, a festa tinha “dez garotas para cada homem”, a maioria trajando microssaias.

Ué? talvez você esteja perguntando: Neymar não é evangélico? Como é que ele pode  professar sua fé em Cristo e ao mesmo tempo ir pra boate curtir a noite com a mulherada?

O pastor da Igreja Batista Peniel, de São Vicente, Newton Glória Lobato afirmou numa entrevista em julho do ano passaque Neymar é dizimista e que  se senta nas últimas fileiras da igreja e que tem vergonha de dar o seu testemunho no microfone.

Caro leitor,  na minha perspectiva Neymar é o protótipo de boa parte dos evangélicos no Brasil. Na verdade, muitos dos que se autodenominam cristãos pensam que são crentes, sem contudo terem tido a experiência do novo nascimento.

Ora, é impossivel amar ao mesmo tempo Cristo e o mundo. Ou somos de Deus e vivemos pra Deus ou somos do mundo e vivemos pro mundo! O problema é que o evangelho pregado por alguns dos evangélicos, distorce a verdade da Cruz, dizendo pro homem que ele pode seguir a Cristo e ao mesmo tempo curtir os prazeres do mundo.

Prezado amigo, seguir a Jesus implica em mudança de vida, de atitudes e comportamento. Seguir a Jesus é muito mais do que cantar os hits gospel, seguir a Jesus é muito mais do que colocar bandanas na testa, seguir a Jesus significa negar os prazeres do pecado e viver integralmente para Deus.

Lamentavelmente a geração gospel vibra mais com bandanas, shows e salamaleques do que com àquele que por amor a Cristo abandona os prazeres do mundo.

Pense nisso,


Renato Vargens



Fontes:
http://renatovargens.blogspot.com.br/search?updated-max=2012-05-15T18:03:00-03:00&max-results=5

http://www.youtube.com/user/Verdadeoculta30


3 comentários: Leave Your Comments

  1. Que isso! o meu Deus é o Deus de Israel, o povo de Israel nunca deixou de ter festividades por causa da religião! bem pelo contrário é um dos que mais gostavam de festanças e bebedeiras. Crente até o diabo é! que tendencioso esse seu texto. Se fosse por isso os prazeres do mundo são vários. Automóvel, internet, celular, comidas elaboradas, refrigerantes, casas de alvernaria, roupas de boa qualidade, tudo isso são prazeres que a vida, que o mundo proporciona, se vc acha tão terrível eles, pode abdica-los.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo a questão não é isso, sim o povo tinha suas festividades também...o ponto é ir pra boate curtir a noite com a mulherada e também porque ele aparenta timidez ao dar seu testemunho, não estamos julgando apenas comparando com alguns pontos que não refletem uma mudança,lembre-se ninguém é perfeito,mas temos que nos atentar e vigiar para não cairmos...não sei se é o caso dele ter caido..só nos resta orar e pedir a orientação do Salvador sobre a vida dele

      Excluir
  2. Olha, essa pessoa do Acorda Brasil, realmente precisa acordar! Não é um texto tendencioso! Prazeres na vida todos temos, rir de uma brincadeira, de uma piada é um prazer !!! Mas ir na baladinha danças com meninas de mini saia, quem sabe até transar, fazer orgias, fumar maconha, isso não é coisa que se faça!! Temos prazeres como vestir uma roupa que gostamos, de comprar uma comida gostosa, um celular que estávamos economizando! Mas é muito diferente!!! Reflita :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato