background img

Greenpeace não, Verdade sim !!!

Nós sabemos que o Brasil possui a maior biodiversidade do mundo. E também uma das agriculturas mais produtivas do planeta, com as terras mais férteis ainda disponíveis, ao lado da Africa. Portanto, não somos somente florestas, mas tambem agricultura.

Sabemos que o mundo cobra sustentabilidade do Brasil. Porém, tanto a floresta tropical quanto a temperada tambem sao beneficas para as questoes climaticas! E o que europeus fizeram com a deles? ACABARAM COM TODAS. Restam apenas 0,3% vegetação nativa. Com que moral vem nos cobrar?

Sabemos tambem que a grande questao do desmatamento nao é a LEGISLAÇÃO, mais sim a falta de FISCALIZAÇÃO. Os desmates atuais são feitos na ilegalidade.

Outra questão: na Holanda, país originário do Greenpeace, não existe APP. Na França, também não. Sabem o motivo? Os melhores vinhos franceses derivam de uvas cultivados há décadas em área à beira dos rios. Vão tirar a uva das APPs francesas?

Alguns videos do greenpeace sobre o novo codigo florestal como os do “VETA DILMA” trazem apelos emocionais e fazem afirmações falsas sobre o novo codigo! Nada baseado na ciência.
como por exemplo nos videos:

http://www.youtube.com/watch?v=DuDm-0pQK08
http://www.youtube.com/watch?v=HZoCQ7dQQa0&feature=relmfu

A QUEM ELES QUEREM ENGANAR?

Sabemos que o Novo Codigo Florestal nao permitirá que novas areas sejam abertas, pois se um proprietario exceder o minimo exigido ele poderá arrendar aquela área para alguem que tenha déficit. Ou seja, o Novo Codigo Florestal além de exigir o DESMATAMENTO ZERO, permitirá a reflorestamento de áreas. Então, por que o greenpeace nao cita isso no seus videos ou nas suas argumentações???


Fonte:
http://www.observadorpolitico.org.br/grupos/meioambiente/forum/topic/quais-saos-os-reais-interesses-do-greenpeace/






Fonte:http://www.youtube.com/user/AVozdaResistenciaTV


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato