background img

(atualizado) Refrigerante Gospel? Era só o que faltava

 Primeiro, foi o Guaraná Jesus, bastante popular no Nordeste. Agora, é a vez de um novo refrigerante crente conquistar o paladar dos evangélicos. É a Leão de Judá Cola, iniciativa do empresário Moisés Magalhães, membro da Igreja Universal do Reino de Deus e que atua no setor de distribuição de refrigerantes. Para quem não sabe, Leão de Judá é um dos nomes pelos quais Jesus é chamado na Bíblia – pois é justamente na intenção de tornar o nome do Senhor conhecido, além, é claro, de lucrar, que Moisés está investindo no projeto. O produto chega ao mercado com força agora em dezembro, com um lote inicial de 12 milhões de litros. Segundo o empresário, 20% da renda obtida com a comercialização da Leão de Judá Cola será destinada à igreja que ele freqüenta e à manutenção de projetos sociais.

O lançamento será marcado por uma campanha de divulgação, que contará, entre outras coisas, com cartazes com mensagens cristãs e versículos bíblicos. A idéia é atingir principalmente as periferias, que concentram grande população evangélica e é mais receptiva a refrigerantes de marcas alternativas. As vendas mensais dos sabores guaraná, cola, laranja e uva devem atingir o patamar de seis milhões de unidades/mês no fim de fevereiro, segundo projeções da empresa Alfa Gold, de propriedade de Moisés. “Montei uma espécie de Coca-Cola tupiniquim”, exagera o empresário, que garante ter gasto apenas R$ 300 mil na concepção do produto e desenvolvimento das fórmulas. Leão de Judá é fabricado e distribuído por oito engarrafadoras. “Com divulgação adequada, poderemos abocanhar até 2,5% do setor de bebidas não alcoólicas”, especula.

Fonte: http://www.supergospel.com.br/noticia_chega-a-leao-de-juda-cola-bebida-lancada-por-empresario-crente_1544.html





Nesta nossa luta aqui há dias em que sobra humor na denúncia dos falsos
profetas. Um humor necessário, capaz de provocar a reflexão no outro, no
enganado... Enquanto zomba da derrota de satanás, que quem está por
traz de toda esta corrupção desta gente sem temor de Deus que explora a
crendice popular, justamente usando o santo nome Daquele que virou os
tabuleiros dos pais desta mesma corja no passado.

Em outros dias, o sentimento que nos toma é a tristeza mesmo, de ver a gente enganada... Da até vontade de desistir... Cansa!

Noutros tantos dias, o que nos toma é a indignação, motivando a célere
defesa do que nos é tão caro: a nossa Boa Nova.

Deus não precisa de defensor. A igreja não precisa de defensor. Mas o
Evangelho carece. E foi assim desde o início, posto que não vemos (e
tanto!) esta preocupação desde as cartas paulinas, aos pais da igreja e
os reformadores?

Disse Calvino: “O cão late quando seu dono é atacado. Eu seria um
covarde se visse a verdade divina ser atacada e continuasse em silêncio,
sem dizer nada."

Assim é. Ou não?
Mas há dias, meus irmãos, que eu confesso que sou o pior dos cristãos,
pois não consigo sentir um único fragmento de amor ou misericórdia pela
vida de certos heresiarcas. Você mais santarrão, cuja vida o Senhor
conhece, talvez tenha a coragem de se achar melhor... Deus lhe conserve
assim, meu irmão! Pois eu confesso que quando escuto sair da boca de um
“dito cristão”: Eu sacrifiquei;

Assim, neste contexto da confissão positiva... O meu sangue ferve e...
Cachorro, meu caro Calvino, é pouco... Eu me sinto tomado de fúria e
desejo o lampejo de um raio, direto na cabeça do cidadão. Depois eu oro,
peço pela misericórdia do Pai... Imploro por temperança... Mas olha:
Custa, viu!
Esta marca não é trade mark sua não, cabra! Isto ai Balaão registrou tem tempo e olha que a mula testemunhou no cartório e tudo!
- Sacrifício, seu cão! Você sacrificou! Sacrificou na fogueira santa? No altar de Baal, seu sacripanta dos infernos!
- Falas em seu sacrifício e promessas de Deus para o que... Você criar esta tubaína?


Jesus é o Cordeiro de Deus (João 1:29 e João 1:36). Ele é o sacrifício
perfeito e definitivo e não há nenhum sacrifício que possa vir após Ele.
E foi como disse Isaías 53:10, quando ainda se sacrificava algo no
altar de Deus... Mas o Senhor Deus providenciou o perfeito sacrifício
como expiação pelos pecados de Seu povo (Romanos 8:3; Hebreus 10).


Fonte:
http://www.genizahvirtual.com/2012/03/o-refrigerante-de-baal-e-o-mijo-de.html

Um comentário: Leave Your Comments

  1. AFF, essa pessoa sacrífico o que? Eu sinceramente partilho o mesmo sentido do querido escritor, mas peço a misericórdia de Deus, porque realmente é difícil amar alguém assim, que só quer encher a barriga! Esse homem sabe que refri faz mal, Jesus não faz mal! Uma lógica simples e curta, que só quis expor... Abraços!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato