background img

Explosões Solares no Lado Distante do Sol e Fenômenos Raros


Crédito: SOHO/NASA

 Por Gério Ganimedes
 Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

De acordo com o site Spaceweather.com, a face do Sol voltada para a Terra está tranquila, mas o outro lado não está. Em 29 de fevereiro, uma mancha solar do lado distante, explodiu em grandes erupções, repetidadas vezes, lançando três EMCs (Ejeção de Massa Coronal) no flanco mais ocidental do sol. O Observatório Heliosférico Solar (SOHO) registrou estas nuvens de plasma em expansão (foto acima).

As chances de erupções no lado distante, ou outra face do Sol, hoje parecem altas, entretanto as chances de erupções, voltadas para a Terra, são exatamente opostas. Meteorologistas do NOAA disseram que as chances de erupções solares de Clase M e X não são mais do que 1%.

 

  Foto/Crédito: Peter Rosén


 "Flash Azul" - Estocolmo, na Suécia em 29 de fevereiro de 2012.
Entretanto não sei se devido à anomalias do clima espacial, ou da constante atividade das manchas solares de nossa estrela, um fenômeno conhecido como “Flash Azul”, anteriormente registrado na forma de um “Flash Verde” (Luz de cor esmeralda fugaz, que, por vezes, aparece logo acima do sol poente), antes era pensado se tratar apenas de uma fábula (o flash verde foi popularizado por Julio Verne em seu romance de 1882 - "Le Rayon Vert" - O Raio Verde), contudo agora, é conhecido dos astrônomos, aconteceu, e é bem real.
 
Fenômenos atmosféricos anômalos têm ocorrido nos últimos meses, muitos antes, apenas constavam em pinturas e ilustrações de artistas astrônomos, que baseados em mitos e histórias dignas de livros de ficção, reproduziam e ilustravam os "atlas astronônimos" e material de pesquisa científica celeste. Hoje o Atlas dos fenômenos raros, saiu do pincel e da tinta e está, a céu aberto para todos aqueles que “querem ver com olhos de ver”, observarem que o nosso sistema, nosso sol e nosso planeta está agindo de forma diferente. Que todos aqueles relatos, apenas ilustrados, agora estão sendo emoldurados pela técnica, sensibilidade, genialidade e arte dos fotógrafos do céu.

 Os sinais das mudanças estão ai, só não ve quem não quer.
 
Fonte:http://projetoquartzoazul.blogspot.com/2012/03/explosoes-solares-no-lado-distante-do.html#ixzz1nvOfFaml

Tradução de informativo e texto: Gério Ganimedes

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato