background img

Bill Gates vai financiar um projeto de nuvens artificiais (chemtrails?!)

Bill Gates anuncia o financiamento de um projeto ambicioso para fazer nuvens no mar. É uma fantasia. A comunidade científica está perplexa, especialmente após a verificação empírica da comissão independente de cientistas,
http://www.noconsensus.org/ipcc-audit/IPCC-report-card.php

Como sabe, neste momento não há evidências empíricas que justifiquem a visão de aquecimento global . De facto, os dados analisados ​​mostram que o clima está a arrefecer significativamente. Bill Gates chega com senso de humor e diz-nos que devemos reduzir a população mundial pois somos a causa do excesso de CO2 no planeta.

Do que há excesso, é de milionários com muito tempo para dizer coisas estúpidas!... e que não ganharam o dinheiro de forma justa.

Bill Gates explica claramente o seu desejo de terminar com 1,300 milhões de pessoas rapidamente - história completa - com
vídeo: Bill Gates apoia o uso de vacinas e outras acções para eliminar 1,3 mil milhões de pessoas em todo o mundo ...

Bill Gates anuncia agora, o financiamento da pulverização da água do mar com nuvens pulverizadoras (chemtrails?!).

As máquinas, desenvolvidas por um grupo de pesquisa com sede em San Francisco, projecto chamado Silver Lining, transformam a água do mar em minúsculas partículas que podem ser disparadas até mais de 3.000 pés de altitude. As Partículas aumentam a densidade das nuvens, aumentando a quantidade de nucléicos contidos. Estas máquinas flutuantes, podem aspirar toneladas de água por segundo.


Representação artística do projecto proposto por Bill Gates.


Vamos ao cerne da questão: vaporizar

Sob o disfarce da mentira do aquecimento global que não existe e como não tivessemos já o suficiente com os milhares de aviões que varrem o planeta todos os dias, agora vem este "iluminado" com fundos especiais, para nada menos que 1.900 navios pulverizarem metais para atmosfera..


O lugar é perfeito. Na região central do Oceano Pacífico, onde os raios cósmicos produzem mais evaporação de água. Assim, os metais unem-se com vapor de água e vêm directamente até nós através das nuvens. Depois, a água que bebemos...


Esta é a área onde quer começar a poluir o planeta ...

O projeto é chamado "Project Silver Lining" e para começar, usam "spray natural" (iodeto de prata) para adicionar às nuvens.


Recomendo que leiam a análise irónica realizada por Willis Eschenbach em: "... cada linha é uma nuvem de prata ..." (A notícia em Inglês - neste link )


Os montantes de energia para impulsionar o projecto: 50 milhões de KW / hora, para cada plataforma offshore. 9 mil milhões de dólares por navio. São 1900 navios.

Bill e Melinda Gates Foundation não respondeu aos pedidos para comentar o assunto, o que normalmente fazia. O empreendedor americano Wanser Kelly é quem está a conduzir o Projecto Silver Lining e também não quis comentar...

Uma jogada inteligente... Temos aqui um projecto "não-viável" e uma ​​"não-solução" a um "não problema"!... é o que posso dizer sobre isto, especialmente desde que esta "não solução" Queime biliões de litros (cerca de 7 biliões de galões dos EUA) de combustível por ano, para supostamente "resolver" o problema supostamente causado, pelo CO2 da queima de combustíveis ...


Tire as suas próprias conclusões. Faça as contas e é ver ... e acima de tudo, pensar.

Se quiserem saber algo mais... pode acontecer o mesmo que me aconteceu a mim, por demorar uns meses a divulgar este post; ficam sem saber de fontes. Basta ir a este site e provar que quase toda a informação de fontes credíveis (?!) foi retirada!

fontes: http://marecinza.blogspot.com/2012/03/experiencias-secretas-dos-governos.html
Chemtrails Gran Canaria

http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=es&langpair=es|pt&rurl=translate.google.com&twu=1&u=http://wattsupwiththat.com/2010/05/12/every-silver-lining-has-a-cloud/&usg=ALkJrhgZv8W-depFfX9en8fkUuVjuse1dg#more-19413

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato