background img

“O CÉREBRO SERVE PARA…”

Nos dias que correm tenho imensa dificuldade em completar a frase que acabaram de ler. Mas isto é apenas limitação do meu próprio cérebro…

Milhões de animais humanos são, desde o nascimento, formatados para existirem segundo as regras que as diferentes sociedades ao longo dos TEMPOS consideraram, e consideram, “importantes”…

Esta formatação é iniciada logo cedo, assim que o animal aprende a comunicar por intermédio da audição/fala a quantidade de comportamentos condicionados dispara vertiginosamente… Até esta idade a coisa é mais suave e o animal é inundado apenas com condicionamentos de ordem física.

Cedo, nas Escolas de Formatação Cerebral, para os mais alheados “O Sistema de Ensino”, os animais começam a ler e a ouvir todo o conjunto de regras às quais eles devem  obedecer sem questionar, pois do questionar apenas resulta uma coisa,  o castigo.

Mas é nesta altura que a parte da Formatação Cerebral sobre a Nação, os seus símbolos (bandeiras e hinos) e os seus interesses, são ampla e profundamente repetidos e explicados. Alhear o animal do seu “Eu Penso” e fazê-lo aceitar que o “Nós Obedecemos” é que conta, é a principal Formatação do Sistema de Ensino.

Sem esta formatação o esquema actual da Civilização em que vivemos não era o que é.

E quando se fala em Nação obviamente tem que se falar em “Dar a VIDA pela Nação”, normalmente utilizam a palavra “pátria”… é mais aguda, esta última!

Só o facto de um grupo de animais considerar que outro grupo deve morrer para garantir algo inventado, nações, e que na prática de nada servem, é o constatar da total inexistência de Liberdade desde o primeiro segundo após o nascer.

E a prova é simples: Imagine que nasceu no local N45E008 e quer ir para o local S31W053… Para isto tem que tentar obter um sem número de permissões (pagas evidentemente)e só depois é que tem permissão para se deslocar. Se não conseguir obter a permissão, ou se não tiver forma como pagá-la, é impedido de ir ao local desejado… mas, não esqueças… és Livre!

Afinal de contas a Ilusão da Liberdade é ela própria fruto de outra formatação cerebral, e esta encontra-se logo no primeiro artigo…

“Artigo I

        Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão  e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade.“


Tudo conversa para animal pastar, ruminar e dormir!

Espírito de fraternidade… Coisa mais linda… A mulher da fotografia sem dúvida está a transbordar fraternidade por tudo o que é poro do seu corpo…

“Dar a VIDA pela Nação” é, das formatações existentes, a mais engraçada… Com esta formatação transformamos o “espírito de fraternidade” em “espírito de ódio ao próximo”.

Hoje em dia está de tal forma subtil que a coisa é assim aplicada nos cérebros dos animais das MANADAS…



Deliciem-se agora com a introdução:



Digam lá se não é uma delicia?

Matou 255 pessoas, desculpem, ABATEU 255 PESSOAS (repararam na troca! primeiro ‘terroristas’ logo a seguir ‘pessoas’), Arrependimento ZERO, como convém. GOSTOU MUITO, evidentemente que gostou, após anos de formatação, meses de lavagem cerebral na Máquina de Matar (os comuns chamam Forças Armadas) e bons pagamentos o que não há para não gostar!… E só PAROU para SALVAR O CASAMENTO… quase que choro.


Fico à espera do filme de Hollywood, pois que o livro já foi escrito! Tal o desperdício de árvores…
Depois desta abertura magistral, o texto escrito é a típica conversa da treta… E o final é amoroso!


Assim se vai fazendo às claras Formatação Cerebral… Matar é visto como algo normal e até heróico, que não deve provocar arrependimento, pois afinal de contas os interesses das Nações são bem mais importantes que a vida de um qualquer animal “Eu Penso”.

Fonte: http://otempoquehadevir.wordpress.com

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato